LE: Treinador do Union Berlin pede mais eficácia diante do Sporting de Braga

O treinador do Union Berlin, Urs Fischer, pediu hoje mais eficácia aos seus jogadores para o embate com o Sporting de Braga, na quinta-feira, da quinta jornada do grupo D da Liga Europa de futebol.

LE: Treinador do Union Berlin pede mais eficácia diante do Sporting de Braga

LE: Treinador do Union Berlin pede mais eficácia diante do Sporting de Braga

O treinador do Union Berlin, Urs Fischer, pediu hoje mais eficácia aos seus jogadores para o embate com o Sporting de Braga, na quinta-feira, da quinta jornada do grupo D da Liga Europa de futebol.

Numa conferência de imprensa também marcada pela derrota na última jornada do campeonato alemão, o treinador do Union Berlin pediu “mais eficácia” aos seus jogadores do que no jogo em Braga (vitória dos minhotos por 1-0).

“É importante aproveitar as oportunidades que criamos, o Sporting de Braga é uma equipa bem organizada, muito compacta, que não concede muitas ocasiões. Queremos criar um bom número de chances amanhã [quinta-feira], para aproveitar algumas delas”, disse.

O Union Berlin continua a liderar a ‘Bundesliga’, agora apenas com mais um ponto do que o Bayern de Munique (23/22), mas vem de uma derrota no campeonato germânico (2-1 com o Bochum).

“Precisamos de uma vitória para os ultrapassar no grupo, temos 90 minutos para vencer o jogo e será muito importante recompormo-nos para este jogo, desde o primeiro minuto, com e sem bola”, disse o técnico na conferência de imprensa de antevisão da partida.

O treinador elogiou ainda os jogadores muito rápidos na frente de ataque dos minhotos, destacando Vitinha e o golo que derrotou a sua equipa e os três contra o Union Saint-Gilloise.

Urs Fischer considerou que a maior experiência europeia do Sporting de Braga “ajuda sempre”, mas disse esperar que “não tenha impacto” na quinta-feira.

“Cabe-nos a nós que não seja tão importante, depende da nossa performance, temos que arranjar soluções, defensiva e ofensivamente”, disse.

Questionado sobre se os seus jogadores estão preparados para a espécie de “final” com o Sporting de Braga, Urs Fischer disse que sim, lembrando o caráter também de final das duas partidas com o Malmo, em que, depois dos desaires com o Union Saint-Gilloise e o Sporting de Braga, era obrigatório ganhar para poder almejar seguir em frente — e ganhou.

O técnico suíço disse ainda esperar que o defesa-central Diogo Leite, jogador do Union Berlin emprestado pelo FC Porto e incluído por Fernando Santos na pré-convocatória de 55 jogadores para o Mundial202, consiga estar presente no Qatar.

“Estou muito contente por ele, espero que consiga ir ao Mundial, porque não há nada de mais importante na carreira de um jogador do que representar o seu país num campeonato mundial”, disse.

Já Sheraldo Becker lembrou o jogo em Braga (triunfo dos minhotos por 1-0) e disse estar à espera de “um jogo difícil”, mas salientou o facto de jogarem em casa, com o apoio dos seus adeptos, o que “torna o jogo mais especial”.

“Como disse o nosso treinador não se trata apenas de marcar golos, temos que estar prontos desde o primeiro minuto”, afirmou o avançado de 27 anos.

Urs Fischer disse ter todo o plantel à disposição, com exceção do avançado Sven Michel, infetado com Covid-19.

Union Berlin, terceiro classificado do grupo D, com seis pontos, e Sporting de Braga, segundo, com sete, defrontam-se a partir das 17:45 de quinta-feira, no Estádio Alte Forsterei, em Berlim, jogo que será arbitrado pelo inglês Craig Pawson.

 

GYS // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS