´Kikas’ é o único resistente português no Ballito Pro de surf na África do Sul

O surfista Frederico Morais foi o único português a seguir hoje para a próxima fase do Ballito Pro, prova das ‘Challenger Series’ da Liga Mundial de Surf (WSL), na África do Sul.

´Kikas' é o único resistente português no Ballito Pro de surf na África do Sul

´Kikas’ é o único resistente português no Ballito Pro de surf na África do Sul

O surfista Frederico Morais foi o único português a seguir hoje para a próxima fase do Ballito Pro, prova das ‘Challenger Series’ da Liga Mundial de Surf (WSL), na África do Sul.

‘Kikas’ venceu a oitava bateria da terceira ronda, com 12,40 pontos (em 20 possíveis) nas suas duas melhores ondas, superando o australiano Liam O’Brien (11), que também se qualificou, e o havaiano Cody Young (9,10).

Nos oitavos de final, Frederico Morais vai defrontar o australiano Mikey McDonagh, na oitava bateria.

Vasco Ribeiro, o outro atleta luso em prova, perdeu por pouco a qualificação para os ‘oitavos’, ficando no terceiro e último posto da terceira bateria, com 9,47 pontos, contra 12,84 do sul-africano Luke Thompson, e 10 do francês Timothe Bisso.

No quadro feminino, a última surfista portuguesa em prova, Teresa Bonvalot, caiu nos oitavos de final, pontuando 8,50 contra os 11,17 da havaiana Zoe McDougall, na segunda bateria.

O período de espera do Ballito Pro, evento do circuito de acesso à elite mundial, começou em 03 de julho e estende-se até 10 de julho.

DN // MO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS