José Mourinho | A felicidade de regressar ao trabalho e os planos para o Tottenham

«Estou feliz por vir trabalhar todos os dias, feliz por estar aqui das 7h30 às 18h30. Feliz por dormir aqui a seguir aos jogos, por estar aqui com a minha equipa.»

José Mourinho | A felicidade de regressar ao trabalho e os planos para o Tottenham

José Mourinho | A felicidade de regressar ao trabalho e os planos para o Tottenham

«Estou feliz por vir trabalhar todos os dias, feliz por estar aqui das 7h30 às 18h30. Feliz por dormir aqui a seguir aos jogos, por estar aqui com a minha equipa.»

Depois de 337 dias afastado da função de treinador, José Mourinho revela estar «feliz» desde que assumiu o comando técnico do Tottenham, a 20 de novembro de 2019. Numa entrevista à Sky Sports, o técnico português comenta o tempo em que esteve parado, a oportunidade de assumir o comando dos Spurs e os planos que tem para a equipa.

LEIA DEPOIS
Rainha Isabel II envia mensagem contra Brexit no discurso de Natal

«É assim que me sinto agora. Estou feliz por vir trabalhar todos os dias, feliz por estar aqui das 7h30 às 18h30. Feliz por dormir aqui a seguir aos jogos, por estar aqui com a minha equipa a analisar os jogos e a preparar os próximos. Contente por estar no relvado a treinar os jogadores. Contente por trabalhar no escritório e analisar tudo. Contente por ir a todos os jogos. É essa felicidade no dia-a-dia que te ajuda a dar o teu melhor. É assim que me sinto agora. Estou feliz», começa por explicar o treinador.

A felicidade é tal, que José Mourinho repetiu a palavra feliz dezoito vezes nas primeiras três perguntas. O treinador dos Spurs assume que não consegue ser feliz sem trabalhar. «Os meus amigos diziam-me sempre, aproveita o mês de julho, aproveita o mês de agosto, nunca tiveste oportunidade para isso. Sinceramente, não consigo. Não estou suficientemente feliz para me divertir. Sinto falta do meu futebol, tenho esse fogo dentro de mim. Só estou contente quando posso apostar tudo, quando me posso comprometer a cem por cento. Isso só é possível quando estás contente contigo próprio, quando estás contente com o que te rodeia. Eu estou contente, dou cem por cento, dou tudo o que tenho», salienta.

Mourinho até dorme com o pijama do clube

O ex-treinador do Manchester United revela estar completamente comprometido com as novas funções no Tottenham e que até dorme com o pijama do clube. «Quando estás contente, estás disponível para dar 101 por cento. Sempre disse que quando te comprometes só pode ser de uma forma, é dar tudo, 99 por cento não chega», diz.

José Mourinho afirma que não tinha ilusões quando assumiu o controlo dos Spurs e que é necessário mais tempo para conhecer os jogadores. «Em termos de futebol, futebol puro, resultados puros, quando uma equipa muda de treinador a meio da época, há sempre uma razão. Há sempre uma razão. Quando as equipas estão perfeitas, estão a jogar de uma forma fantástica e os resultados são fantásticos, não se muda de treinador. Não estava à espera de entrar numa equipa a meio da época e encontrar uma situação perfeita. Ninguém conta com isso.»

Reforços à vista? «Preciso de conhecer os jogadores»

Questionado sobre investimentos futuros, o técnico português revela que quer fortalecer primeiro o grupo que tem à disposição. «Preciso de conhecer os jogadores, as pessoas. Não como jogadores, mas mesmo como pessoas. Preciso de tempo para isso, não se conhece uma pessoa pelo olhar, não conheces uma pessoa com uma semana de trabalho e trabalho com tanta gente que, nesta altura, só quero aprender tudo sobre eles. Dentro de dois anos, já os irei conhecer profundamente. Neste momento, é tudo muito superficial e uma parte do meu trabalho é tentar conhecê-los o melhor que possa», rematou.
Durante os dois anos e meio em que esteve no Manchester United, o clube fez um investimento superior a 300 milhões em jogadores. Já o Tottenham gastou cerca de 40 milhões, no mesmo período.
Texto: Sílvia Abreu

Impala Instagram


RELACIONADOS