José Gomes quer Marítimo “mais consistente e intenso” frente ao Belenenses

O treinador do Marítimo, José Gomes, afirmou hoje que pretende “mais consistência e intensidade” da sua equipa na visita de sábado ao Belenenses SAD, em jogo da 22.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

José Gomes quer Marítimo

José Gomes quer Marítimo “mais consistente e intenso” frente ao Belenenses

O treinador do Marítimo, José Gomes, afirmou hoje que pretende “mais consistência e intensidade” da sua equipa na visita de sábado ao Belenenses SAD, em jogo da 22.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Os madeirenses regressaram aos triunfos na ronda anterior, após cinco partidas, e logo com a vitória mais expressiva da temporada, por 3-0, sobre o Paços de Ferreira, mas o técnico ambiciona mais.

“Estivemos muito melhor, mas gostava de ver mais consistência. Acredito que vamos chegar a esse nível e aquilo que temos de fazer para não darmos passos atrás é agarrar com força no que já fizemos de bom e ir acrescentando mais consistência e mais intensidade. Acho que estamos no caminho certo”, referiu José Gomes, em conferência de imprensa.

Para o técnico, a vitória caseira já faz parte do passado e os madeirenses ainda se encontram “no meio de uma confusão” na tabela classificativa, da qual só poderão sair conseguindo bons resultados, que sirvam para dar “força ao processo”.

O próximo jogo é diante do Belenenses SAD, que vem igualmente de uma vitória (2-1 ao Boavista) e que apresenta um conjunto organizado.

“É uma equipa muito coesa, muito forte defensivamente. Dificilmente veremos menos de cinco jogadores do Belenenses atrás da linha da bola. Uma equipa sempre muito equilibrada defensivamente e com jogadores com velocidade, para fazerem ataque rápido e criarem problemas”, comentou.

O Marítimo triunfou por 1-0 na temporada passada na deslocação ao reduto dos ‘azuis’, na altura o Estádio do Bonfim, em Setúbal, devido ao facto de o relvado do Jamor não estar em condições, quando o treinador dos insulares era Petit, hoje técnico do Belenenses SAD.

O antigo internacional português saiu de forma conturbada dos ‘verde rubros’, mas José Gomes não acredita em motivação extra por parte do adversário.

“Se aceitarmos a ideia de que o treinador que vai defrontar uma certa equipa, com a qual teve um problema no passado, vai incutir um espírito que vai levar a sua equipa a estar mais próxima de conquistar os três pontos, então porque não o fez em jogos anteriores, contra outras equipas, que dão o mesmo número de pontos?”, justificou.

José Gomes qualificou Petit de “excelente profissional”, com quem trabalhou no Gil Vicente, na época 1999/2000, e no Benfica, em 2002/03.

O Marítimo, 12.º classificado da I Liga, com 24 pontos, visita o Belenenses SAD, 15.º com 21, no sábado, em jogo com início às 20:30.

 

DIYA // RPC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS