Jogo em Tondela é “decisivo” para o terceiro lugar – Artur Jorge

O jogo em Tondela, da 33.ª jornada da I Liga de futebol, é “decisivo” para o objetivo do terceiro lugar e, por isso, o treinador do Sporting de Braga, Artur Jorge, frisou hoje a importância da vitória.

Jogo em Tondela é

Jogo em Tondela é “decisivo” para o terceiro lugar – Artur Jorge

O jogo em Tondela, da 33.ª jornada da I Liga de futebol, é “decisivo” para o objetivo do terceiro lugar e, por isso, o treinador do Sporting de Braga, Artur Jorge, frisou hoje a importância da vitória.

“Se é um jogo de ganhar ou ganhar? Sim, claramente. Esta semana, o nosso presidente antecipou exatamente isso e é um estado de espírito comum cá dentro, desde a presidência, estrutura, treinador, os jogadores também completamente focados nesse objetivo. A prioridade é ganhar em Tondela, para depois fazer as contas no final”, disse o técnico na antevisão da partida.

Com o empate do Famalicão, no sábado (2-2 com o Boavista), o Sporting de Braga garantiu matematicamente o quarto lugar, mas isso não significa menos pressão.

“Já disse mais que uma vez que o nosso objetivo e pressão é tentar ir buscar o terceiro lugar. Claro que não ficámos indiferentes a esses resultados, porque matematicamente nos garante o quarto lugar”, disse.

Do Tondela, equipa que luta pela manutenção, Artur Jorge espera “muitos perigos”, num jogo que considerou “decisivo para as duas equipas”.

“É uma equipa que vai tentar inverter a sua situação, mas isso tem que nos passar um pouco ao lado, porque temos a nossa própria batalha”, disse.

O técnico referiu ainda que o treinador do Tondela, Natxo González, “tendo em conta o momento que vive”, pode ter “necessidade de mudar alguma coisa, o estado anímico exige isso de quem os lidera, dar um abanão” à equipa.

Questionado sobre se o seu futuro no comando técnico da equipa está dependente da equipa conseguir o terceiro lugar, Artur Jorge respondeu: “Não, de todo, o meu futuro não tem que se decidir nestes jogos.”

“Tenho que trabalhar com a mesma vontade e o mesmo querer com que tenho feito do primeiro ao último minuto. No final do campeonato, como o presidente já disse e bem, falaremos. Não é o meu futuro que está aqui em causa, é o futuro do Sporting de Braga em relação à conquista dos seus objetivos”, disse.

Perante a falta de eficácia da última jornada (1-1 com o Belenenses SAD), o treinador considera que a equipa deve ser analisada como “um todo” e não apenas pelo lado ofensivo ou defensivo, mas frisou a importância de não sofrer golos.

“É muito importante que a equipa não sofra, porque dá outra estabilidade e sabemos que temos capacidade para fazer golos em todos os jogos e, se reduzirmos a probabilidade dos adversários de marcar, estaremos mais perto de ganhar”, disse.

O pai Artur Jorge defronta o Tondela, adversário direto do Vitória de Setúbal, no qual atua o filho homónimo, que joga em casa do Sporting, concorrente dos ‘arsenalistas’ pelo terceiro lugar.

“Sim, já pensámos que nos podemos ajudar mutuamente, mas cada um tem que pensar obrigatoriamente no que são os seus objetivos pessoais e das equipas que representam”, disse.

Sporting de Braga, quarto classificado, com 57 pontos, e Tondela, 15.º, com 30, defrontam-se a partir das 19:15 de segunda-feira, no Estádio João Cardoso, em Tondela, jogo que será arbitrado por Artur Soares Dias, da associação do Porto.

GYS // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS