Jesus felicita Rui Vitória por liderança no campeonato da Arábia Saudita

O treinador Jorge Jesus mostrou-se hoje surpreendido com o percurso de Rui Vitória no comando técnico do Al Nassr, considerando que “fez uma recuperação espetacular” e tem 80 por cento de vencer o campeonato saudita de futebol.

Jesus felicita Rui Vitória por liderança no campeonato da Arábia Saudita

Jesus felicita Rui Vitória por liderança no campeonato da Arábia Saudita

O treinador Jorge Jesus mostrou-se hoje surpreendido com o percurso de Rui Vitória no comando técnico do Al Nassr, considerando que “fez uma recuperação espetacular” e tem 80 por cento de vencer o campeonato saudita de futebol.

“Para mim tem sido surpreendente, porque quando o Rui Vitória chegou, o Al Nassr estava a três pontos, depois, joguei fora e ganhei 5-1 e ele perdeu com a equipa do Pedro Emanuel e ficou a seis, mas, entretanto eu saí nessa semana e ele fez uma recuperação espetacular”, disse Jorge Jesus, depois de hoje ter participado no Fórum de Treinadores em Portimão.

Segundo Jorge Jesus, o ex-treinador do Benfica “tem, neste momento, 80 por cento de hipóteses de ser campeão”, considerando que este conseguirá “segurar o ponto de vantagem sobre o segundo”, o Al-Hilal [a sua anterior equipa].

“O Al-Hilal é muito melhor individualmente e por isso é que estava na frente”, recordou Jesus, acrescentando que fez 26 jogos na Arábia Saudita, com 21 vitórias, quatro empates e uma derrota.

“O Rui Vitória está de parabéns. Para o futebol português e para os treinadores portugueses, acho que é muito bom”, destacou.

Jorge Jesus admitiu ainda que o seu regresso ao futebol português não passa só por vir a treinar Sporting, Benfica ou FC Porto, deixando em aberto a possibilidade de ingressar num outro clube em Portugal ou mesmo na Europa.

“O que acontecer é o que certamente tem de acontecer e não fazer qualquer projeto sobre o clube ideal de querer treinar. Tenho pautado a minha carreira desportiva onde eu penso que me possa proporcionar qualidade de trabalho”, indicou.

O técnico revelou que teve um convite para treinar a equipa do Al-Wehda, também da Arábia Saudita, mas que recusou e que o regresso ao futebol será feito quando aparecer um clube com que se possa identificar.

“Estou livre e as minhas opções agora são diferentes do que há uns anos atrás, mas vai ser sempre dentro de uma identificação em que eu possa trilhar a minha carreira desportiva”, concluiu.

Jorge Jesus participou hoje no painel ‘Treino em contextos diversos’ do Forum de Treinadores, que decorreu durante dois dias na cidade de Portimão, evento integrado no âmbito de Portimão Cidade Europeia do Desporto 2019.

JPC // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS