Jesus assegura plantel unido e acusa jornalistas de reproduzirem mentiras

O treinador Jorge Jesus assegurou hoje que o plantel de futebol profissional do Benfica está unido e acusou a comunicação social de reproduzir “mentiras” no sentido de dividir o grupo de trabalho e os adeptos do clube.

Jesus assegura plantel unido e acusa jornalistas de reproduzirem mentiras

Jesus assegura plantel unido e acusa jornalistas de reproduzirem mentiras

O treinador Jorge Jesus assegurou hoje que o plantel de futebol profissional do Benfica está unido e acusou a comunicação social de reproduzir “mentiras” no sentido de dividir o grupo de trabalho e os adeptos do clube.

Em conferência de imprensa, no Seixal, o técnico Jorge Jesus começou por abordar o encontro de domingo, com o Sporting de Braga, mas antes que os órgãos de comunicação social não afetos ao clube começassem a colocar as suas perguntas, fez questão de se dirigir “a todos os benfiquistas” sobre notícias que diz terem sido “plantadas” contra o Benfica. “Mentiras nas quais incluíram um grande profissional, que é Otamendi, capitão de equipa, que sabe quais os limites dele em relação à responsabilidade que tem para com o treinador. Claro que é intencional, no sentido de dividir o grupo e os benfiquistas, de os pôr a pensar coisas que não existem”, acusou o técnico.

Jesus referia-se a uma notícia do Expresso, na quinta-feira, segundo a qual o defesa argentino estará “cansado do tom” do treinador e “terá ameaçado sair se não houver mudança de comportamento” por parte do técnico. Sem se deter, assegurou que o grupo de trabalho à sua disposição “é ligado, sabe o que quer e o treinador que tem”, mas admitiu que os órgãos de comunicação social “não escrevem mentiras”. “Para escreverem, alguém teve de passar esta notícia. Não interessa quem foi, o que me interessa é dizer aos benfiquistas que podem estar seguros, porque o grupo está unido, e se os resultados não aparecerem não é por este motivo. A partir daqui, só respondo a perguntas do jogo com o [Sporting de] Braga”, atirou.

Jorge Jesus comentou reações intempestivas de alguns jogadores

Ainda assim, o técnico acabou por aceder a comentar algumas reações mais intempestivas de alguns dos seus jogadores, nomeadamente Lucas Veríssimo e Gilberto, que foram vistos nas imagens televisivas a responder com rispidez às chamadas de atenção do técnico, comparando o relacionamento que tem com os atletas com aquele que tem com os seus próprios filhos. “Eu, primeiro, sou treinador dos meus jogadores, estou aqui para defender os interesses do Benfica. É como funciona com os meus filhos. Primeiro, sou pai, depois é que sou amigo dos meus filhos. É exatamente a mesma coisa com os jogadores e todos eles já sabem a relação que tenho, como sempre tive, com os meus jogadores”, exemplificou.

Sobre o encontro de domingo, frente aos bracarenses, Jesus lembrou que se trata de um adversário que tem “alguns anos com o mesmo treinador”, considerou que isso “faz com que esteja cada vez mais forte” e anteviu um “excelente espetáculo” no Estádio da Luz. “Acho que vai ser um excelente jogo, com golo, porque as duas equipas, quanto têm a bola, pensam em ser muito criativas e procuram o golo com facilidade. E os jogos entre boas equipas, normalmente, proporcionam bons jogos e dificuldades a ambas as equipas. O que queremos é deixar mais dificuldades ao [Sporting de] Braga do que eles possam deixar ao Benfica”, analisou.

O Benfica recebe o Sporting de Braga no domingo, em encontro da 11.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol com início marcado para as 21:15, no Estádio da Luz, e arbitragem de Artur Soares Dias (AF Porto). A equipa de Jorge Jesus não vence há três encontros consecutivos, em diferentes competições, e perdeu a liderança na ronda anterior, após empatar no terreno do Estoril Praia (1-1), enquanto os minhotos não perdem desde 16 de setembro e somaram sete vitórias e três empates nos últimos 10 desafios.

Impala Instagram


RELACIONADOS