Ivo Vieira não acredita em pressão extra frente ao Sporting e quer vitória

O treinador do Famalicão disse hoje que o facto de jogar com o atual campeão nacional, na quarta jornada da I Liga de futebol, não acarreta qualquer pressão extra e que o pensamento está na conquista da vitória.

Ivo Vieira não acredita em pressão extra frente ao Sporting e quer vitória

Ivo Vieira não acredita em pressão extra frente ao Sporting e quer vitória

O treinador do Famalicão disse hoje que o facto de jogar com o atual campeão nacional, na quarta jornada da I Liga de futebol, não acarreta qualquer pressão extra e que o pensamento está na conquista da vitória.

Ivo Vieira reconheceu que vai jogar com uma das melhores equipas do campeonato, ainda assim defendeu que a equipa do Famalicão está preparada.

“Estamos convictos que vamos defrontar um adversário forte, que é campeão em título. Há aqui um grupo de quatro, cinco equipas muito fortes no campeonato português. Depois, há outras sete a 10 intermédias e outras que lutam pela vida. Aquilo que é o desempenho de cada um é que vai ditar os mais fortes. Vamos defrontar o campeão em título, que é uma equipa fortíssima e estamos preparados para esse desafio”, referiu o técnico famalicense, em conferência de imprensa de antevisão da partida com os ‘leões’.

Ivo Vieira friou que a partida não traz pressão à sua equipa: “Não nos traz pressão nenhuma, porque sabemos que vamos jogar com uma equipa muito forte. Mas longe de mim não criar essa pressão em nós próprios, das responsabilidades que são as nossas para tentar ganhar o jogo. Essa é a nossa grande responsabilidade. Não gosto de usar esse termo no futebol, porque quem está pressionado é quem luta pela vida nos hospitais.”

O técnico, que revelou que os reforços Marcos Paulo e Pickle já poderão ser opção para o jogo com o Sporting, desvalorizou o facto de o Famalicão ainda não ter conquistado qualquer ponto, mas mostrou-se confiante que essa situação poderá mudar já no próximo encontro.

“É uma realidade que temos um défice a 100%, enorme, no que diz respeito aos pontos. Mas temos que acreditar no processo, na nossa valia e que poderá ser o início de uma caminhada diferente em termos de resultados. A equipa não está no auge do que pode fazer em termos futuros. Mas caminha para lá. Vamos discutir o jogo, vamos lutar por aquilo que corremos atrás”, disse ainda o treinador.

Para contrariar o Sporting, o técnico da equipa famalicense sabe bem o que precisa de fazer e assegurou que os jogadores estão preparados.

“Temos de confiar no que podemos fazer. Lutar pelo objetivo de jogo e fazer um bom jogo com bola e ser organizado sem a mesma. É a parte essencial em termos psicológicos para fazer os jogadores acreditarem naquilo que levam em termos de estratégia para o jogo. Regula-se por esses momentos, ter bola, atacar a baliza do adversário, jogar para ganhar, ser uma equipa atrevida, mas com respeito por aquilo que vamos encontrar do outro lado”, acrescentou ainda.

Sobre o mau arranque no campeonato, Ivo Vieira revelou-se consciente das dificuldades, mas com esperança no futuro.

“É um início muito aquém das expetativas, da expetativa de qualquer treinador. Com três jogos, acho que qualquer um quereria ter nove pontos. Não os temos. Não é uma situação que nos traz conforto e felicidade. Mas estamos bem identificados com o processo. Peço é que os nossos adeptos continuem a apoiar e acreditar. Para trás aconteceram coisas semelhantes e compuseram-se. Há estratégias montadas por quem lidera, há estratégias montadas por quem treina. Temos que dar tempo para que as coisas aconteçam. Quero que estejam do nosso lado. Eu vou assumir a responsabilidade do que for o resultado desportivo”, disse também.

O Famalicão, ainda sem pontos no campeonato, recebe este sábado, às 20:30, o Sporting, líder da prova, apenas com vitórias, numa partida da quarta jornada da I Liga portuguesa de futebol, e que vai ser arbitrada por Fábio Veríssimo, da AF de Leiria.

JYA // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS