Ivo Vieira crê que Vitória deve ser mais eficaz para bater o Standard na Liga Europa

O treinador Ivo Vieira afirmou hoje que o Vitória de Guimarães precisa de finalizar melhor face aos jogos anteriores no Grupo F da Liga Europa de futebol para vencer os belgas do Standard Liège, na quinta jornada.

Ivo Vieira crê que Vitória deve ser mais eficaz para bater o Standard na Liga Europa

Ivo Vieira crê que Vitória deve ser mais eficaz para bater o Standard na Liga Europa

O treinador Ivo Vieira afirmou hoje que o Vitória de Guimarães precisa de finalizar melhor face aos jogos anteriores no Grupo F da Liga Europa de futebol para vencer os belgas do Standard Liège, na quinta jornada.

A turma vitoriana rematou mais do que os adversários nos quatro encontros já realizados, mas somou apenas um ponto, precisando de vencer o segundo classificado do agrupamento, com seis pontos, em casa, na quinta-feira, para manter viva a esperança de seguir em frente.

O técnico crê na vitória, caso os seus pupilos corrijam a falta de eficácia apresentada na Bélgica, onde perderam por 2-0.

“Precisamos de fazer o que não fizemos na primeira partida: marcar mais golos do que o [Standard] Liège. Foi um jogo bem conseguido, mas não o conseguimos vencer. O importante é ganhar jogos e também jogar bem para estarmos mais perto de ganhar”, afirmou, na conferência de imprensa de antevisão à partida agendada para as 20:00 de quinta-feira, em Guimarães.

A equipa vimaranense vai regressar aos relvados após um hiato competitivo de 18 dias, que perdura desde o desaire caseiro com o Sporting de Braga (2-0), em 10 de novembro. Apesar de ter dito que o período “não foi bom”, pela “sede” da equipa em jogar e ganhar, o técnico realçou que a interrupção serviu para “corrigir algumas lacunas”.

“Estivemos focados nos momentos de jogo em que tínhamos de melhorar e crescer. Esperemos que a resposta seja positiva”, salientou, antes de reconhecer que as bolas paradas defensivas, responsáveis por quatro dos sete tento sofridos no grupo, foram um desses momentos.

O ‘timoneiro’ vitoriano alertou, porém, que a equipa treinada pelo ex-guarda-redes do Benfica Michel Preud’homme, também segunda classificada na I Liga belga, é “competitiva” e tem ainda “grandes possibilidades de passar à fase seguinte”.

Já a formação portuguesa, além de precisar dos três pontos na quinta-feira, necessita ainda que o Arsenal, líder do grupo, com 10 pontos, não perca na receção ao Eintracht Frankfurt, terceiro, com seis, de forma a poder levar a decisão para o último jogo, precisamente na Alemanha, em 12 de dezembro.

“Temos de acreditar que é possível, mas a tarefa de passar à fase seguinte é difícil”, admitiu o técnico.

Apesar dos resultados não corresponderem, a seu ver, ao “comportamento da equipa” nos jogos anteriores, Ivo Vieira defendeu que a Liga Europa tem sido um “momento de aprendizagem muito valioso para o desempenho dos atletas”, opinião com a qual o lateral esquerdo Florent, ao seu lado, concordou.

“[A Liga Europa] tem sido uma boa aprendizagem. É um nível superior [de competitividade], em que a exigência é maior”, considerou o jogador francês, de 29 anos, que já disputou, na presente época, sete desafios para a Liga Europa, incluindo pré-eliminatórias.

O Vitória de Guimarães, quarto classificado do Grupo F, com um ponto, recebe os belgas do Standard de Liège, segundos, com seis, em jogo da quinta jornada, agendado para as 20:00 de quinta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, com arbitragem do ucraniano Serhiy Boiko.

TYME // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS