Independiente del Valle, de Renato Paiva, virtual finalista no Equador

O Independiente del Valle, orientado pelo português Renato Paiva, deu no sábado um passo de ‘gigante’ para marcar presença na final do campeonato equatoriano de futebol, ao bater em casa o Emelec por 3-2.

Independiente del Valle, de Renato Paiva, virtual finalista no Equador

Independiente del Valle, de Renato Paiva, virtual finalista no Equador

O Independiente del Valle, orientado pelo português Renato Paiva, deu no sábado um passo de ‘gigante’ para marcar presença na final do campeonato equatoriano de futebol, ao bater em casa o Emelec por 3-2.

A uma jornada do fim da segunda fase do campeonato, que atribuiu a segunda vaga na final, a formação de Quito comandada com 33 pontos, mais três do que o 9 de Octubre, face ao qual também tem uma ‘inultrapassável’ vantagem de nove golos (28-8 contra 25-14).

Na última ronda, marcada para 28 de novembro, o Independiente del Valle desloca-se ao reduto do Deportivo Cuenca, enquanto o 9 de Octubre atua na casa do Universidad Católica.

Na 14.ª ronda da segunda fase, o Independiente del Valle recebeu e bateu o Emelec – já qualificado para a final, como vencedor da primeira fase — por 3-2, depois de ter começado a perder, com um tento de Alejandro Cabeza, aos seis minutos.

O conjunto comandado por Renato Paiva respondeu com tentos de Luis Segovia, aos 31 minutos, e dos argentinos Cristian Pellerano, aos 52, e Jonatan Bauman, aos 57.

Aos 74 minutos, Romario Caicedo ainda reduziu, mas o Indepediente del Valle segurou o triunfo e a liderança do campeonato, com 33 pontos, contra 30 do 9 de Octubre e 27 do Emelec.

Caso, como tudo indica, segure a liderança na última ronda, o conjunto de Renato Paiva disputará a final da prova, em 05 e 12 de dezembro, a primeira mão em casa, no Estádio Banco de Guayaquil, e a segunda fora, no George Capwell, casa do Emelec.

O Independiente del Valle procura fazer história, já que nunca conquistou o título equatoriano, ao contrário do Emelec, que soma 14 ‘canecos’, sendo o segundo do ‘ranking’, atrás do Barcelona, com 16. O El Nacional fecha o pódio, com 13.

A Liga de Quito (11 títulos), o Deportivo Quito (cinco) e o Deportivo Cuenca, o Olmedo, o Delfín e o Everest (todos com um) são os outros campeões do futebol do Equador.

PFO // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS