Guarda-redes morto com vários tiros após rixa num bar

O guarda-redes hondurenho do Club Deportivo Social Vida, Oscar Munguía, foi assassinado com vários tiros após uma discussão num bar.

Guarda-redes morto com vários tiros após rixa num bar

Guarda-redes morto com vários tiros após rixa num bar

O guarda-redes hondurenho do Club Deportivo Social Vida, Oscar Munguía, foi assassinado com vários tiros após uma discussão num bar.

Oscar Munguía, guardião do Club Deportivo Social Vida, da primeira divisão das Honduras, foi assassinado este fim-de-semana com múltiplos tiros após uma rixa num bar.

Munguía foi atingido por vários tiros à porta de um bar em La Alhambra. Ainda foi transportado ao hospital, mas acabou por morrer, assim como uma das pessoas que o acompanhava, uma mulher chamada Vivian Rodriguez, de 24 anos.

LEIA MAIS: Mais de 40 mortos em acidente com um autocarro no Zimbabué [vídeo]

Nascido a 6 de julho de 1991, o futebolista hondurenho fez carreira no seu país natal, tendo também passado pelo CD Victoria La Ceiba, Real Sociedad, Villanueva e Arsenal de Roatán antes de assinar pelo seu clube actual, em 2016.

Texto: Vítor Miguel Gonçalves | WIN

Impala Instagram


RELACIONADOS