Guarda-redes argentino de 17 anos morre após defender penálti com o peito

Jovem guarda-redes de 17 anos, Ramón Ismael Coronel, parou uma bola e evitou um golo da equipa adversária. Correu para festejar, mas colapsou no relvado.

Guarda-redes argentino de 17 anos morre após defender penálti com o peito

Guarda-redes argentino de 17 anos morre após defender penálti com o peito

Jovem guarda-redes de 17 anos, Ramón Ismael Coronel, parou uma bola e evitou um golo da equipa adversária. Correu para festejar, mas colapsou no relvado.

Um jovem guarda-redes, de 17 anos, faleceu após ter parado um pontapé de penálti com o peito. Ramón Ismael Coronel estava a disputar uma partida da Liga Regional Norteña, num campo na cidade de Reconquista, Argentina, quando o impensável aconteceu. O jovem jogador do clube Unión de Golondrina não apresentou qualquer mal-estar no decorrer do jogo. A sua equipa empatou a partida e o jogo teve de ser decido com a marcação de penáltis. Foi nesse momento que um jogador da equipa adversária, o Virgen de Itatí, tentou bater o guardião. Ramón Ismael Coronel conseguiu parar o remate com o peito. Correu para festejar e desmaiou no campo.

LEIA DEPOIS
Ladrão fica preso no portão da vivenda que tentou assaltar [fotos]

Guarda-redes chegou ao hospital sem vida

Ainda foi transportado para o hospital, mas já chegou sem vida. A família de Piki, como era conhecido, teceu duras críticas à organização, por «atraso grave no socorro». «A única coisa que posso dizer é que não havia uma ambulância no local e não consigo perceber porquê. Poderia fazer a diferença entre a vida e a morte quando se trata de uma paragem cardiorrespiratória», explicou Eduardo Coronel, pai da vítima. A Liga Regional Norteña de Fútbol lamentou a morte do jovem atleta e, em comunicado, afirmou estar a acompanhar os familiares neste «momento de dor». Segundo o hospital de Reconquista, a equipa médica ainda tentou reanimar Ramón Ismael Coronel, mas sem sucesso. Apesar de a causa da morte aparentar ser paragem cardiorrespiratória, os familiares não solicitaram a realização de autópsia.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sábado
Jovem iraniana afinal não quer ser como Angelina Jolie
Polícia decide adotar bebé de mãe viciada em heroína e batiza-a de Esperança

Impala Instagram


RELACIONADOS