Governo desmente presidente da Liga sobre haver público nos estádios

A decisão sobre o regresso dos espetadores aos estádios das competições profissionais de futebol, hoje anunciada pela Liga de clubes, ainda não está tomada, esclareceu fonte do Governo.

Governo desmente presidente da Liga sobre haver público nos estádios

Governo desmente presidente da Liga sobre haver público nos estádios

A decisão sobre o regresso dos espetadores aos estádios das competições profissionais de futebol, hoje anunciada pela Liga de clubes, ainda não está tomada, esclareceu fonte do Governo.

Têm decorrido reuniões entre a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e a Direção-Geral da Saúde (DGS), de preparação para a próxima época, mas a decisão ainda não está tomada, garante fonte do Governo. Relativamente a este passo, qualquer decisão sobre voltar haver público nos estádios e noutros recintos desportivos deverá ser tomada e anunciada só após reunião de Conselho de Ministros.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou hoje que competições profissionais vão começar com a possibilidade de 33% de lotação dos estádios, depois de reuniões com o Governo e a Direção-geral da Saúde (DGS). “No seguimento das reuniões levadas a cabo nas últimas semanas com o Governo e a DGS foi hoje definida a norma que será aplicada ao regresso do público aos estádios. Depois de uma luta da direção da Liga e das sociedades desportivas, é com enorme satisfação que vemos concretizada a reivindicação da Liga Portugal e das suas associadas de ter os adeptos de regresso aos estádios”, refere o organismo, em comunicado.

A Liga de clubes, liderada por Pedro Proença, explica que, em breve, a DGS vai publicar “todas as regras e condições de acesso do público aos estádios”, acordadas hoje com a Liga de clubes, que passam por um arranque das competições profissionais com “a possibilidade de 33% de lotação dos recintos”.

Impala Instagram


RELACIONADOS