Giro. João Almeida ‘lucrou’ 100 mil euros, Ruben Guerreiro quase 28 mil

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) ganhou mais de 100 mil euros em prémios individuais na Volta a Itália em bicicleta, enquanto Ruben Guerreiro (Education First) conseguiu quase 28 mil, segundo cálculos hoje divulgados pelo Cycling News.

Giro. João Almeida 'lucrou' 100 mil euros, Ruben Guerreiro quase 28 mil

Giro. João Almeida ‘lucrou’ 100 mil euros, Ruben Guerreiro quase 28 mil

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) ganhou mais de 100 mil euros em prémios individuais na Volta a Itália em bicicleta, enquanto Ruben Guerreiro (Education First) conseguiu quase 28 mil, segundo cálculos hoje divulgados pelo Cycling News.

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) ganhou mais de 100 mil euros em prémios individuais na Volta a Itália em bicicleta, enquanto Ruben Guerreiro (Education First) conseguiu quase 28 mil, segundo cálculos hoje divulgados pelo Cycling News.

Ao analisar o livro de prova e os resultados na corrida, que terminou no domingo, o portal especializado de notícias de ciclismo chegou ao número de 100.380 euros conseguido pelo português, o terceiro mais alto entre participantes.

Já Guerreiro, com uma soma exata de 27.863 euros, foi o oitavo melhor corredor a nível de prémios monetários, numa tabela que inclui apenas o valor amealhado por cada um, o que pode não corresponder ao valor que levaram ‘para casa’, uma vez que é frequente haver uma divisão pela equipa em certas categorias.

Almeida chegou a este valor fruto de vários ‘top 3’ e ‘top 10’ em etapas, mas, sobretudo, por ter liderado a classificação geral e a classificação da juventude por 15 dias, num Giro em que acabou no quarto lugar final e no terceiro lugar no prémio da juventude.

Guerreiro venceu a nona etapa e, no final, a classificação da montanha, um feito inédito em grandes voltas para Portugal, que foi o quarto país com maior número de ganhos, numa lista encabeçada pela Grã-Bretanha.

O ciclista mais ‘abonado’ foi o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS), o grande vencedor na chegada a Milão, com 314.781 euros, a grande fatia da equipa mais ‘rica’, a INEOS, com um total de 430.693.

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para quinta-feira, 29 de outubro

 

Impala Instagram


RELACIONADOS