Ginastas alemãs usam fato de corpo inteiro contra a sexualização

Sarah Voss, Pauline Pauline Schaefer-Betz, Elisabeth Seitz e Kim Bui usaram “unitards” vermelhos e brancos.

Ginastas alemãs usam fato de corpo inteiro contra a sexualização

Ginastas alemãs usam fato de corpo inteiro contra a sexualização

Sarah Voss, Pauline Pauline Schaefer-Betz, Elisabeth Seitz e Kim Bui usaram “unitards” vermelhos e brancos.

As ginastas alemãs que estão a competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio decidiram usar fatos completos durante as provas de qualificação, que aconteceram no domingo. O objetivo das desportistas é o de promover a liberdade de escolha e encorajar as atletas a vestirem aquilo com que se sentem confortáveis.

Sarah Voss, Pauline Pauline Schaefer-Betz, Elisabeth Seitz e Kim Bui usaram “unitards” vermelhos e brancos.

As ginastas alemãs já tinham usado um fato completo durante os treinos, na quinta-feira, e já tinham afirmado que deveriam voltar a fazê-lo na competição.

“Queremos que todos se sintam confortáveis e mostrar a todos que podem usar o que quiserem e ficar com uma aparência incrível, sentirem-se incríveis, seja com um fato completo ou curto”, afirmou Sarah Voss.

Em abril, nos Campeonatos Europeus, as atletas já tinham usado um fato completo num movimento contra a sexualização da modalidade.

Recorde-se que a ginástica é uma modalidade que tem estado envolvida em diversas polémicas durante os últimos anos, com relatos de vários casos de abusos físicos e sexuais.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Sarah Voss (@sarah.vossi)

Impala Instagram


RELACIONADOS