Futebolista português do Benfica pisado na cara «quase ficava cego» [vídeo]

Futebolista português que brilhou no Braga e no Benfica considera que adversário podia ter evitado o pisão. Nélson Oliveira diz que quase ficava cego.

Nelson Oliveira – futebolista português formado no Sporting de Braga e no Benfica – diz ter tido «sorte» e que «quase ficava cego» no lance em que um defesa do Aston Villa pisou a cara do avançado do Reading, provocando-lhe fraturas no nariz e rasgos profundos na face. O internacional português considera que o adversário não o tenha pisado com os pitons propositadamente, mas lança algumas críticas. «Não direi que tenha feito de propósito, mas o que me irrita é que ele podia ter evitado.»

«Ele podia ter evitado», considera o futebolista português que foi do Benfica

«Não me cabe decidir se foi intencional. A única coisa que posso afirmar com 100% de certeza é que ele podia ter evitado. As melhores pessoas para analisar o lance são futebolistas, pois sabem como se aterra após jogadas no ar e como se movem em campo», disse Nelson Oliveira à BBC Radio Berkshire. «Aconteceu tudo muito depressa. Quando senti o impacto, a minha primeira reação foi pensar que era o joelho dele. Pisarem-te a cara é algo muito raro no futebol. Tive muita sorte por a fratura ter sido no meu nariz. Podia ter ficado cego e impossibilitado de voltar a jogador futebol.»

LEIA MAIS

Dolores operada a um novo tumor: «Estou a lutar pela vida»

Adolescente de 14 anos sacrifica a vida para salvar a da amiga

Previsão do tempo para domingo, 10 de fevereiro de 2019

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Futebolista português do Benfica pisado na cara «quase ficava cego» [vídeo]

Futebolista português que brilhou no Braga e no Benfica considera que adversário podia ter evitado o pisão. Nélson Oliveira diz que quase ficava cego.