Filipe Martins sente Casa Pia “a crescer e cada vez mais confiante”

O treinador Filipe Martins afirmou hoje que sente o Casa Pia “a crescer e cada vez mais confiante”, apesar de uma quebra a nível de resultados, em comparação com a primeira volta da I Liga de futebol.

Filipe Martins sente Casa Pia

“A equipa tem vindo a crescer e tem feito excelentes jogos. Falta-nos um bocadinho capitalizar em golos as oportunidades que temos vindo a ter. Não sinto que a equipa esteja descomprometida. Temos os pés no chão, mas é normal que as pessoas possam pensar que não estamos ligados ou motivados. Todas as equipas se reforçam, cada vez nos conhecem melhor e encaram-nos de forma mais competente, mas sinto a equipa cada vez mais confiante e acredito que a vitória está muito próxima de voltar”, frisou.

Os ‘gansos’ somam dois triunfos, dois empates e três derrotas na segunda metade do campeonato, num total de oito pontos, em contraste com os 14 totalizados no período homólogo da primeira volta, na qual derrotaram o Marítimo (1-2), que agora recebem.

“Se, naquela altura, ainda havia muito campeonato por disputar, agora estamos já em contagem decrescente e a urgência de pontos começa a sentir-se. Acredito que vamos encontrar um Marítimo com qualidade. Reforçou-se bem e tem vindo a capitalizar esse reforço da equipa com pontos. Espero uma equipa muito competitiva”, disse o técnico.

A turma insular ocupa a posição que dá acesso ao ‘play-off’ de manutenção, em zona perigosa da tabela classificativa, enquanto os lisboetas são sétimos e andam perto dos lugares que podem dar uma qualificação para as provas europeias na próxima época.

“Estou cada vez mais confiante no potencial desta equipa, mas isso, muitas vezes, nem sempre é acompanhado por resultados. Houve jogos em que não levámos pontos e em merecíamos ter ganhado, como em Arouca. No Bessa, fizemos um jogo nada de especial e trouxemos pontos. Nem sempre as exibições acompanham os resultados e nem sempre há justiça no futebol. Sinto, a nível de rendimento e de opções, que temos um plantel cada vez mais competente e que todas as opções nos dão garantias”, afirmou.

O ala direito brasileiro Lucas Soares permanece fora das opções, confirmou o treinador Filipe Martins, que, na última ronda apostou no jovem venezuelano Fereira, que fez a estreia a titular, embora tenha saído ao intervalo: “É um miúdo em quem acreditamos, mas é muito novo e vem de um contexto completamente diferente. Temos de gerir bem o crescimento e o contexto do jogador. Amanhã [domingo] decidirei quem joga”.

Quem também continua de fora é Léo Natel, devido a lesão prolongada, enquanto o médio Neto se encontra castigado. O japonês Kunimoto, ausente das fichas de jogo há um mês, também ainda não regressará neste encontro, explicou ainda Filipe Martins.

“Não tem estado a 100%. Tem tido alguns problemas, uns pequenos toques ao início, depois teve a semana passada doente, com uma infeção a nível respiratório. Esta semana voltou, mas não tem estado ao nível normal e ainda não irá a jogo”, salientou.

O Casa Pia, sétimo classificado, com 35 pontos, recebe no domingo o Marítimo, 16.º e antepenúltimo, com 16, no Estádio Nacional, em Oeiras, às 15:30, em partida da 25.ª ronda da I Liga de futebol, com arbitragem de António Nobre, da associação de Leiria.

 

DYRP // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS