FIFPRO defende calendário “justo e razoável” para os futebolistas

O Sindicato Internacional dos Jogadores de Futebol (FIFPRO) anunciou hoje que vai “lutar junto da FIFA e de outras entidades federativas” pela criação de um calendário que seja mais “justo e razoável” para os jogadores.

FIFPRO defende calendário

FIFPRO defende calendário “justo e razoável” para os futebolistas

O Sindicato Internacional dos Jogadores de Futebol (FIFPRO) anunciou hoje que vai “lutar junto da FIFA e de outras entidades federativas” pela criação de um calendário que seja mais “justo e razoável” para os jogadores.

Numa carta aberta assinada pelo secretário-geral Jonas Baer-Hoffmann, e que coincide com o arranque do Euro2020 e da Copa América, o organismo lembrou que a “intensidade das exigências físicas e mentais” que existe atualmente e defendeu que é necessária uma mudança.

“É tempo de mudança. Nos próximos meses, negociaremos e vamos lutar junto da FIFA e de outras entidades federativas para que os jogadores tenham mais voz, enquanto lutaremos por um calendário mais justo e razoável. Nos últimos quatro anos, jogadores de todo o mundo disseram-nos que o calendário não leva em conta as suas necessidades e que os deixam fisicamente e mentalmente exaustos”, lê-se na carta.

A FIFPRO lamenta ainda os futebolistas continuem a ser excluídos das grandes decisões administrativas, como o recente projeto falhado da Superliga Europeia ou à marcação do Campeonato do Mundo de 2022 no Qatar.

“Os jogadores não têm voz nessas questões, mas depois têm que enfrentar as consequências dessas mesmas decisões. Os jogadores são a cara do jogo e não os dirigentes. Os jogadores têm de ser consultados e ouvidos nas grandes decisões”, frisou Baer-Hoffmann.

O sindicato internacional prometeu ainda lutar por melhores protocolos de proteção da saúde dos jogadores, bem como melhores condições de trabalho, durante a pandemia da covid-19.

LG // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS