Feliz por voltar a competir, Sequeira quer “fazer melhor” do que na última época

O lateral-esquerdo Sequeira frisou hoje a felicidade pela recuperação da grave lesão no joelho e disse que o objetivo do Sporting de Braga passa por “fazer melhor” do que na última temporada futebolística.

Feliz por voltar a competir, Sequeira quer

Feliz por voltar a competir, Sequeira quer “fazer melhor” do que na última época

O lateral-esquerdo Sequeira frisou hoje a felicidade pela recuperação da grave lesão no joelho e disse que o objetivo do Sporting de Braga passa por “fazer melhor” do que na última temporada futebolística.

O jogador, de 31 anos, a partir para a sexta temporada ao serviço dos bracarenses, sofreu uma lesão ligamentar no joelho esquerdo no jogo com o Benfica, no início de novembro de 2021, na 11.ª jornada da I Liga (derrota por 6-1), e não mais jogou nessa época.

Na quarta-feira, Sequeira foi titular no primeiro jogo particular dos minhotos nesta pré-temporada, diante da Oliveirense, da II Liga (vitória por 6-2), e o jogador mostrou-se naturalmente satisfeito pelo regresso.

“Foi uma longa paragem, sabemos que os treinos não são iguais aos jogos, são muito mais competitivos. Foi um momento de muita felicidade, porque é o que mais gosto de fazer, voltar a competir, senti-me muito bem, agora é continuar a trabalhar para me sentir cada vez melhor”, disse aos meios do clube.

Em termos de objetivos para a próxima temporada, Sequeira disse querer fazer “um ano sempre melhor”, sobretudo depois do “ano difícil”, marcado pela grave lesão que o afastou dos relvados durante cerca de oito meses.

“A nível coletivo é também conseguirmos fazer melhor do que no ano passado, lutar por cada jogo por ganhar e conseguir estar nas decisões das taças [de Portugal e da Liga], é essa a ambição deste clube, ganhar”, disse.

Sobre o novo treinador, Artur Jorge, frisou trazer “ideias novas” às quais os jogadores querem adaptar-se “o mais rapidamente possível” para que possam “estar preparados para fazer aquilo que ele quer no início da época”.

Sendo um dos mais experientes do plantel – só Castro é mais velho, com 34 anos -, Sequeira admitiu ter, tal como outros nessa condição, um pouco mais de “responsabilidade” para ajudar os mais jovens na “adaptação ao futebol profissional e a este patamar” para que possam exprimir o seu talento.

 

GYS // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS