Federação Colombiana de Futebol anuncia saída do treinador português Carlos Queiroz

Carlos Queiroz já não é o treinador da Colômbia, anunciou a Federação Colombiana de Futebol, após as derrotas contra Uruguai e Equador na qualificação para o Campeonato do Mundo de 2022.

Federação Colombiana de Futebol anuncia saída do treinador português Carlos Queiroz

Federação Colombiana de Futebol anuncia saída do treinador português Carlos Queiroz

Carlos Queiroz já não é o treinador da Colômbia, anunciou a Federação Colombiana de Futebol, após as derrotas contra Uruguai e Equador na qualificação para o Campeonato do Mundo de 2022.

A FCF “e o diretor técnico Carlos Queiroz concordaram com a não continuidade do treinador à frente da seleção”, pode ler-se no comunicado datado de terça-feira

“Para a FCF foi um orgulho tê-lo durante quase dois anos, nos quais nos brindou com toda a sua capacidade de trabalho, conhecimento e experiência”, salienta a federação na nota.

“A contribuição que nos deixa servirá para continuar o desenvolvimento dos projetos que estão a ser levados a cabo com todas as seleções do nosso país”, acrescenta.

Queiroz, de 67 anos, antigo treinador de 67 anos do Real Madrid e da seleção nacional portuguesa, que assumiu o cargo em fevereiro de 2019, sai após duas pesadas derrotas contra o Uruguai (0-3) em casa e depois no Equador (6-1), a pior derrota em quatro décadas para a Colômbia.

Além do Real Madrid (2003-2004) e da seleção portuguesa (1991-1993 e 2008-2010), Queiroz foi adjunto de Alex Ferguson no Manchester United (2002-2003 e 2004-2008) e também treinou o Sporting (1993-1996), os Emiratos Árabes Unidos (1997-1999) e a África do Sul (2000-2002).

A Colômbia ainda não anunciou o sucessor de Carlos Queiroz.

JMC // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS