FC Porto vence Pick Szeged e soma segundo triunfo na Liga dos Campeões de andebol

O FC Porto regressou hoje às vitórias na Liga dos Campeões de andebol, ao bater os húngaros do Pick Szeged, por 25-19, num encontro da quarta jornada do Grupo A assinalado pelo desempenho do guarda-redes Nikola Mitrevski.

FC Porto vence Pick Szeged e soma segundo triunfo na Liga dos Campeões de andebol

FC Porto vence Pick Szeged e soma segundo triunfo na Liga dos Campeões de andebol

O FC Porto regressou hoje às vitórias na Liga dos Campeões de andebol, ao bater os húngaros do Pick Szeged, por 25-19, num encontro da quarta jornada do Grupo A assinalado pelo desempenho do guarda-redes Nikola Mitrevski.

Num Dragão Arena de porta fechada, os nortenhos já venciam com tranquilidade ao intervalo (15-10) e selaram o segundo triunfo europeu em 2020/21, após vencerem o Meshkov Brest (27-25) e perderem com Elverum (28-30) e Flensburg (29-36).

No plano individual, Miguel Martins notabilizou-se pelos campeões nacionais, com cinco golos, secundado pelas 15 defesas em 32 remates do guardião macedónio, enquanto Joan Cañellas apontou sete tentos num conjunto magiar desfalcado devido à covid-19.

O FC Porto subiu à terceira posição da ‘poule’, partilhando os quatro pontos do Meshkov Brest em oito possíveis, antes de visitar os macedónios do Vardar, na sexta e última posição de apuramento para a ronda seguinte, com dois pontos e dois jogos a menos.

Em busca de maior conforto pontual na elite europeia de clubes, os ‘dragões’ mostraram-se incisivos nos dois extremos do campo e alcançaram cinco golos de vantagem (7-2) aos 11 minutos, intercalando ataques organizados eficazes com transições pragmáticas.

Nessa toada sobressaiu o inspirado guarda-redes Nikola Mitrevski, que segurou o ascendente ‘azul e branco’ durante a suspensão temporária de Víctor Iturriza e travou sucessivos ‘tiros’ húngaros, ávidos de diversas figuras, com Dean Bombac à cabeça.

Os pupilos de Juan Carlos Pastor foram tentando contrariar o domínio da formação de Magnus Andersson, mas sentiram dificuldades em ajustar a pressão e subir os índices de finalização (48% contra 71%) e foram para o intervalo com cinco golos à menor (15-10).

O Pick Szeged ressurgiu na quadra com a aposta no ‘sete contra seis’, mas o FC Porto, agora vestindo cores alternativas que se distinguissem do ‘azul e branco’ dos visitantes, permaneceu fiel às premissas do primeiro tempo e prosseguiu a cadência atacante.

A supremacia dos campeões nacionais traduziu-se numa vantagem crescente até aos sete tentos (22-15), enquanto Nikola Mitrevski colecionava defesas vistosas, sobretudo aos 46 minutos, quando parou de cabeça um remate em suspensão de Joan Cañellas.

???????O guardião denotou quase 47% de eficácia entre os postes e foi considerado o homem do jogo numa noite de resolução fácil para o FC Porto, cifrada num diferencial de seis golos (25-19) sobre o líder do campeonato húngaro e vencedor da Taça EHF em 2014.

 

Jogo no Dragão Arena, no Porto.

FC Porto – Pick Szeged, 25-19.

Ao intervalo: 15-10.

 

Sob a arbitragem de Arthur Brunner e Morad Salah, da Suíça, as equipas alinharam e marcaram:

– FC Porto (25): Alfredo Quintana, Nikola Mitrevski, Víctor Iturriza (3), Manuel Spath, Miguel Martins (5), Djibril M’Bengue (1), Daymaro Salina (2), Ivan Sliskovic, Leonel Fernandes, Diogo Branquinho (2), Diogo Silva (1), António Areia (4), André Gomes (4), Miguel Alves (2), Martim Costa (1) e Fábio Magalhães.

Treinador: Magnus Andersson.

– Pick Szeged (19): Roland Mikler, Mirko Alilovic, Barnabás Rea, Jonas Kallman, Daniel Kecskés (1), Joan Cañellas (7), Mario Sostaric (4), Brunó Bajusz, Martin Stranovsky (2), Miklós Rosta (3), Jozsef Toth (1), Dániel Fekete e Dmitrii Zhitnikov (1).

Treinador: Juan Carlos Pastor.

 

Marcha do marcador: 2-1 (05 minutos), 5-2 (10), 8-4 (15), 10-6 (20), 12-8 (25), 15-10 (intervalo), 17-12 (35), 18-13 (40), 19-14 (45), 22-16 (50), 24-18 (55) e 25-19 (final).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

 

RYTF // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS