FC Porto vai recorrer da interdição do Dragão Caixa no hóquei em patins

O FC Porto anunciou hoje que vai recorrer da interdição de três jogos do Dragão Caixa, aplicada pelo Conselho de Disciplina da Federação de Patinagem de Portugal, pelos incidentes na receção ao Sporting, no campeonato de hóquei em patins.

FC Porto vai recorrer da interdição do Dragão Caixa no hóquei em patins

FC Porto vai recorrer da interdição do Dragão Caixa no hóquei em patins

O FC Porto anunciou hoje que vai recorrer da interdição de três jogos do Dragão Caixa, aplicada pelo Conselho de Disciplina da Federação de Patinagem de Portugal, pelos incidentes na receção ao Sporting, no campeonato de hóquei em patins.

“O FC Porto vai recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) do castigo de três jogos de interdição do Dragão Caixa determinado pelo CD da FPP. O FC Porto vai ainda interpor uma providência cautelar para suspender o castigo até ser conhecida a decisão do TAD [Tribunal Arbitral do Desporto]”, pode ler-se num comunicado publicado no site oficial dos ‘dragões’.

O pavilhão do FC Porto foi interditado na sequência da participação apresentada pelo Sporting, com base nas agressões sofridas pelo diretor-geral das modalidades, Miguel Albuquerque, e pela sua mulher, que se encontravam na zona destinada aos dirigentes ‘leoninos’, por parte de um adepto portista, instalado num camarote de empresa.

Os incidentes sucederam-se em 16 de março, durante a primeira parte do jogo entre o FC Porto e o Sporting, da 20.ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, que os ‘azuis e brancos’ venceram por 3-1.

A quatro jornadas do fim, que incluem as receções ao Riba D´Ave e o Turquel, o FC Porto lidera a prova com 55 pontos, mais três do que o Sporting, campeão em título, e do que a Oliveirense.

RZTF/JP (VR) // JP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS