FC Porto preparado para criar mossa no Bayer Leverkusen – Sérgio Conceição

O treinador Sérgio Conceição admitiu hoje que o Bayer Leverkusen vai criar problemas ao FC Porto, mas advertiu que a sua equipa vai criar a mesma mossa ao adversário, em jogo da Liga Europa de futebol.

FC Porto preparado para criar mossa no Bayer Leverkusen - Sérgio Conceição

FC Porto preparado para criar mossa no Bayer Leverkusen – Sérgio Conceição

O treinador Sérgio Conceição admitiu hoje que o Bayer Leverkusen vai criar problemas ao FC Porto, mas advertiu que a sua equipa vai criar a mesma mossa ao adversário, em jogo da Liga Europa de futebol.

“Temos a consciência de que vamos ter dificuldades, mas eles também as vão ter com o FC Porto”, disse, reconhecendo que vai ser um desafio “extremamente difícil, entre duas equipas que normalmente estão na ‘champions'”.

Na antevisão ao encontro da primeira mão dos 16 avos de final, o técnico ‘azul e branco’ destacou o bom momento da sua equipa — “recuperámos alguns pontos para o rival no campeonato, conseguimos mais uma presença numa final (Taça de Portugal)” -, contudo realçou que o que interessa é o “momento”, pelo que o mais importante é “dar uma boa resposta” frente ao Leverkusen.

“É um adversário extremamente difícil de defrontar. Tem características que são muito, muito interessantes e que, se não estivermos um bocadinho melhor no que foi uma das nossas fragilidades ao longo desta época, vamos sofrer”, alertou.

Conceição retribuiu os elogios do técnico rival e recordou que o Bayer Leverkusen é “uma equipa fortíssima” num campeonato que considera estar nos três “mais fortes e competitivos do mundo”, no qual o adversário está, para o técnico luso, entre as cinco equipas mais poderosas.

“Individualmente é muito forte e coletivamente também. Tem uma dinâmica ofensiva muito perigosa, com jogadores capazes, por si só, de num momento ou outro decidir o jogo”, elucidou.

O médio Danilo tem estado lesionado, porém foi convocado para este jogo: Conceição assegura que “está apto”, no entanto, recordou o tempo de paragem e desconhece se o seu pupilo está “preparado” para competir os 90 minutos.

Acima de tudo, entende que não há segredos entre as duas equipas, mesmo que o adversário tenha, nos últimos dois jogos, introduzido alterações estruturais iniciais na forma de abordar os jogos.

“Temos o clube que sempre tivemos… histórico, ganhador, que nos últimos 40 anos ganhou muitos títulos nacionais e internacionais. As equipas passam por diferentes momentos durante a época. A final da Taça da Liga foi um momento muito negativo para nós, a perda de um título. Agora estamos num caminho normal, natural”, concluiu, quando questionado sobre se o FC Porto reencontrou a estabilidade após as suas críticas à união interna no fim da Taça da Liga.

O jogo entre o Bayer Leverkusen e o FC Porto está agendado para as 20:00 (hora de Lisboa), naquela cidade alemã, e terá arbitragem do esloveno Slavko Vincic.

RBA // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS