FC Barcelona vence em Sevilha e sobe ao segundo lugar da Liga espanhola

O FC Barcelona subiu hoje ao segundo lugar da Liga espanhola de futebol, recolocando-se a dois pontos de distância do líder Real Madrid, ao vencer por 3-0 no estádio do Sevilha, em encontro da quarta jornada.

FC Barcelona vence em Sevilha e sobe ao segundo lugar da Liga espanhola

FC Barcelona vence em Sevilha e sobe ao segundo lugar da Liga espanhola

O FC Barcelona subiu hoje ao segundo lugar da Liga espanhola de futebol, recolocando-se a dois pontos de distância do líder Real Madrid, ao vencer por 3-0 no estádio do Sevilha, em encontro da quarta jornada.

Os catalães agravaram a crise dos anfitriões, que totalizam um empate e três derrotas, com golos marcados pelo brasileiro Raphinha, aos 21 minutos, o polaco Robert Lewandowski, aos 36, e Eric Garcia, aos 50, os dois últimos após assistências do francês Jules Kounde.

Lewandowski, designado pela FIFA melhor futebolista mundial nas duas últimas épocas e melhor marcador europeu em ambas, que deixou neste defeso os alemães do Bayern Munique, juntou-se no topo da lista dos ‘artilheiros’ do campeonato a Iago Aspas, do Celta de Vigo, com cinco golos.

Depois de um ‘nulo’ na estreia, na receção ao Rayo Vallecano, o Barcelona somou o terceiro triunfo seguido na Liga, isolando-se no segundo lugar, a dois pontos do Real Madrid, enquanto o Sevilha, orientado por Julen Lopetegui, antigo treinador do FC Porto, ocupa um preocupante 17.º posto, primeiro acima da zona de despromoção.

O ‘Barça’ poderá ser igualado no domingo por Athletic Bilbau e Villarreal, caso estas equipas se imponham nas receções ao Espanyol e ao Elche, respetivamente.

A meio da tarde, o rival Real Madrid isolou-se no comando, ao vencer por 2-1 em casa outra equipa de Sevilha, o Betis, num jogo que opunha as duas únicas equipas só com triunfos na competição, que repartiam a liderança.

O campeão espanhol e europeu parecia ter via aberta para um triunfo tranquilo quando o avançado brasileiro Vinicius Júnior inaugurou o marcador logo aos nove minutos, mas os visitantes restabeleceram o empate pouco tempo depois, aos 17, com um golo do médio Sergio Canales.

A equipa treinada pelo italiano Carlo Ancelotti só voltou a adiantar-se no marcador na segunda parte, aos 65 minutos, graças a outro jogador brasileiro, o avançado Rodrigo, num raro jogo em que o goleador francês Karim Benzema ficou em ‘branco’.

O guarda-redes português Rui Silva foi um dos responsáveis pelo facto de o Betis ter saído da capital espanhola com apenas dois golos sofridos, apesar de a equipa de Sevilha, que não pôde contar com o médio William Carvalho, devido a lesão, nunca ter deixado de procurar o empate.

O Atlético de Madrid, que recebe o FC Porto na quarta-feira, na primeira jornada do Grupo B da Liga dos Campeões, não foi além de um empate 1-1 na visita à Real Sociedad, ocupando o sexto lugar da liga, a cinco pontos do Real Madrid.

A equipa da capital inaugurou o marcador logo aos cinco minutos, por intermédio do avançado Alvaro Morata, mas os anfitriões restabeleceram a igualdade aos 55, através do avançado nigeriano Umar Sadiq, reforço no fecho do mercado de transferências, que tinha entrado em campo após o intervalo.

Morata poderia ter bisado e proporcionado uma vantagem mais confortável ao Atlético de Madrid, mas o golo marcado pelo espanhol aos 29 minutos foi invalidado após intervenção do videoárbitro (VAR), porque o português João Félix, totalista no ataque dos ‘colchoneros’, utilizou o braço para dominar a bola.

No primeiro encontro realizado hoje, o Maiorca ficou com o triunfo no ‘bolso’ na receção ao Girona quando Antonio Raillo inaugurou o marcador, aos 87, mas os visitantes empataram no período de compensação, aos 90+2, por Samuel Saiz, de grande penalidade, fixando o 1-1 final.

RPC // JP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS