Faustino Asprilla: Golos, sexo sem regras e um surpreendente novo papel no futebol

Faustino Asprilla, jogador colombiano que se destacou no Parma e que assume grande paixão por sexo, tem um novo papel no futebol.

Faustino Asprilla: Golos, sexo sem regras e um surpreendente novo papel no futebol

Faustino Asprilla: Golos, sexo sem regras e um surpreendente novo papel no futebol

Faustino Asprilla, jogador colombiano que se destacou no Parma e que assume grande paixão por sexo, tem um novo papel no futebol.

Terminou a carreira em 2004, mas ainda hoje é recordado pelo talento em campo. Falamos de Faustino Asprilla, avançado colombiano que se destacou especialmente ao serviço dos italianos do Parma. E é o regresso do ex-jogador, hoje com 53 anos, ao clube que faz com que o goleador seja novamente uma tendência junto dos amantes do futebol.

Leia depois
Savannah Bananas, a equipa de basebol que uma estagiária transformou num fenómeno mundial

O colombiano foi uma das grandes estrelas dos anos dourados do Parma. Na altura em que o clube italiano conquistou, por exemplo, a já extinta Taça UEFA. O que faz com que não seja estranho que o ex-jogador seja convidado para assistir a jogos do clube. Que atualmente disputa a segunda divisão do futebol italiano, tentando a subida à Serie A. Só que desenganem-se aqueles que acreditam que Faustino Asprilla foi para o camarote VIP do clube. Munido de um megafone, o antigo jogador assumiu o papel de líder de claque. Algo que fez a delícia dos adeptos. Principalmente dos membros da Curva Nord, a claque do Parma.

“O futebol para mim foi sempre divertido”

Este gesto só irá surpreender aqueles que não se recordem dos tempos de glória de Faustino Asprilla. Que sempre foi mais irreverente. “O futebol para mim foi sempre divertido. Sem regras, sem esquemas”, disse no ano passado aos italianos do La Gazetta dello Sport. Durante a conversa, o ex-jogador falou ainda sobre a vida que leva. “Como estou hoje? Estou excelente. Tenho uma fazenda, vendo cana para o governo colombiano e através de uma campanha publicitária vendo preservativos”, conta.

“Eu sou o Asprilla: muito sexo, sem regras e vida pura”

Além dos golos, Asprilla também sempre se destacou pela paixão pelo sexo, algo que nunca escondeu. “Sabe, sexo sempre foi importante para mim. Eu sou o Asprilla: muito sexo, sem regras e vida pura”, conta. O que fez com que, em 2018, fosse convidado a apostar numa carreira de ator porno. A proposta era de mais de 7.400 euros para uma semana de trabalho. “Com um pouco de treino podes explorar um talento que toda a Colômbia sabe que tens”, terão sido as palavras dos produtores. Mas Asprilla recusou.

Junte-se a nós no Facebook

Texto: Bruno Seruca
Fotos: Reuters

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS