Evangelista diz que Vizela vai ser tão difícil como o Sporting

O treinador do Arouca pediu hoje “exigência e seriedade” à sua equipa no jogo frente ao Vizela, que espera que cause “tantas dificuldades” como o Sporting, em partida da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Evangelista diz que Vizela vai ser tão difícil como o Sporting

Evangelista diz que Vizela vai ser tão difícil como o Sporting

O treinador do Arouca pediu hoje “exigência e seriedade” à sua equipa no jogo frente ao Vizela, que espera que cause “tantas dificuldades” como o Sporting, em partida da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Para Armando Evangelista, a recente série de cinco jogos seguidos a pontuar no campeonato, que inclui a vitória na receção ao Sporting, e a melhor pontuação de sempre do clube à 11.ª jornada no principal escalão do futebol português (16 pontos), permitem ao plantel ter “motivação extra”, que não pode ser confundida com “excesso de confiança”.

“A equipa tem índices de confiança e motivação elevados. Mas, por outro lado, é preciso ter atenção ao excesso de confiança. Se os últimos jogos têm sido importantes naquilo que é somar pontos, temos também de nos lembrar daquilo que tivemos de fazer para os conseguir. O grau de exigência da nossa parte [equipa técnica] perante o plantel tem de ser o mesmo. Não podemos olhar para o último jogo e achar que vai ser um jogo fácil. O grau de dificuldade do próximo jogo vai ser o mesmo e o Vizela vai colocar tantas dificuldades como o Sporting”, reiterou o técnico.

Relativamente à formação vizelense, o treinador de 49 anos disse esperar um adversário “muito intenso e vertical”, que coloca “muita velocidade no seu jogo” e possui uma estratégia bem definida e vários jogadores de grande “qualidade técnica”.

“É uma equipa que está construída e pensada há um par de anos e que tem conseguido acrescentar individualidades a uma ideia de jogo. Eu acho que o Vizela vale sobretudo pelo seu coletivo. Tem um jogo muito intenso e vertical. Em poucos toques, consegue ligar o jogo e chegar a zonas de finalização. E, por outro lado, é uma equipa que acredita sempre muito e é muito competitiva”, constatou Evangelista.

Além de Vitinho, que continua ausente devido a lesão, Alan Ruiz, uma das principais figuras da equipa do Arouca, estará de fora da partida com o Vizela, uma vez que cumpre castigo por acumulação de cartões amarelos, mas o treinador sublinha a força do seu plantel para suprir essa ausência.

“O Alan Ruiz é um jogador muito importante para nós, que tem vindo a fazer muitos minutos e está muito bem identificado com a nossa forma de jogar e que nos tem dado muito. Mas é preciso substituí-lo e a nossa forma de trabalhar assenta muito no conhecimento do nosso modelo de jogo por parte de todo o plantel.[…] Quem for jogar no lugar dele, com certeza, estará preparado”, afirmou.

Quando questionado acerca da importância de Antony Alves na equipa, na sequência da contratação do jovem extremo de 21 anos, oficializado a título definitivo na passada terça-feira, Evangelista disse que a operação por parte do clube é um “reflexo da importância do jogador no grupo” e o “reconhecimento” de um jogador que “tem dado muito pela equipa”.

O Vizela, 12.º classificado, com 12 pontos, vai receber o Arouca, 10.º, com 16, em partida agendada para este sábado, às 15:30, sob a arbitragem de Miguel Nogueira, da Associação de Futebol de Lisboa.

THYG // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS