Euro sub-21: Rui Jorge vê Portugal só como “candidato a apresentar o seu melhor”

A seleção portuguesa de futebol de sub-21 é “candidata a apresentar o seu melhor” no Campeonato da Europa, defendeu hoje o técnico Rui Jorge, pensando mais no “caminho a fazer” em vez do resultado final.

Euro sub-21: Rui Jorge vê Portugal só como

Euro sub-21: Rui Jorge vê Portugal só como “candidato a apresentar o seu melhor”

A seleção portuguesa de futebol de sub-21 é “candidata a apresentar o seu melhor” no Campeonato da Europa, defendeu hoje o técnico Rui Jorge, pensando mais no “caminho a fazer” em vez do resultado final.

“Creio que nunca perguntaram a um treinador se queria ganhar e ele disse que não. A nossa forma de pensar não é no resultado, mas no processo para lá chegar. Se fizermos as coisas bem, pela qualidade dos nossos jogadores, acredito na passagem aos quartos de final”, apontou, em conferência de imprensa, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Rui Jorge anunciou esta manhã os 23 eleitos para o Europeu de sub-21, a ser disputado na Hungria e Eslovénia, com a fase de grupos a decorrer de 24 a 31 de março e a ronda eliminatória (quartos de final, meias-finais e final) entre 31 de maio e 06 de junho.

“Não adianta falarmos em favoritismo, em ser candidato ou não ser. Falar adianta muito pouco. Adianta é preparar os jogos, ter a mentalidade certa e ir com o intuito de dignificar o país. Se fizermos isso, o resto fica mais fácil. Não querermos apelidar-nos de alguma coisa, mas fazer o que temos de fazer para que a coisa corra bem”, reforçou Rui Jorge.

Portugal vai realizar os três jogos na Eslovénia e estreia-se frente à Croácia, em 25 de março, às 21:00 locais (20:00 em Lisboa), em Koper, antes de rumar a Ljubljana para defrontar Inglaterra (28 de março, às 21:00 locais) e Suíça (31 de março, às 18:00).

“A Croácia é muito semelhante à nossa equipa em termos de estilo de jogo e qualidade dos atletas. A Inglaterra tem grande criatividade, capacidade de desequilíbrio e muitos golos marcados. Já a Suíça é muito equilibrada, defende e organiza-se bastante bem. Sem ter a criatividade das outras seleções, é uma equipa muito compacta”, avaliou.

A formação de Rui Jorge terá de terminar numa das duas primeiras posições do Grupo D para se qualificar para os quartos de final do Europeu de sub-21, que vai dispersar 16 seleções por quatro grupos e estava inicialmente previsto para ocorrer de 09 a 26 junho.

Disposto por quatro cidades húngaras e outras tantas eslovenas, o torneio viu o formato ser remodelado em consequência do adiamento do Campeonato da Europa sénior de 2020 para 2021, por força das medidas restritivas de combate à pandemia de covid-19.

RYTF // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS