Euro sub-21: Golo de ‘bicicleta’ de Dany Mota à Itália eleito melhor do torneio

O futebolista português Dany Mota venceu o prémio de melhor golo da edição de 2021 do Europeu de sub-21, com um pontapé de ‘bicicleta’ certeiro no triunfo sobre a Itália, nos quartos de final, anunciou hoje a UEFA.

Euro sub-21: Golo de 'bicicleta' de Dany Mota à Itália eleito melhor do torneio

Euro sub-21: Golo de ‘bicicleta’ de Dany Mota à Itália eleito melhor do torneio

O futebolista português Dany Mota venceu o prémio de melhor golo da edição de 2021 do Europeu de sub-21, com um pontapé de ‘bicicleta’ certeiro no triunfo sobre a Itália, nos quartos de final, anunciou hoje a UEFA.

O avançado, de 23 anos, bateu o alemão Florian Wirtz, o russo Denis Makarov, o croata Domagoj Bradaric e o romeno Andrei Ciobanu, graças a um vistoso disparo acrobático na grande área transalpina aos seis minutos, na sequência de um desvio ao primeiro poste de Diogo Leite, precedido de um pontapé de canto batido por Fábio Vieira na direita.

Esse golo inaugurou o marcador numa partida eletrizante, em que Portugal desperdiçou vantagens de 2-0 e 3-1, mas assegurou no prolongamento a continuidade na prova (5-3), que viria a perder no domingo para a tricampeã Alemanha (1-0), na final de Ljubljana.

???????O dianteiro Lukas Nmecha decidiu o encontro decisivo do Europeu de sub-21 aos 49 minutos, destacando-se na liderança dos melhores marcadores, com quatro tentos, um sobre o italiano Patrick Cutrone, o holandês Myron Boadu, o espanhol Javi Puado e Dany Mota, que ‘bisou’ diante dos transalpinos e marcou à Croácia (1-0), na primeira fase.

O prémio de melhor golo foi atribuído por uma equipa de cinco observadores da UEFA, que incluiu o avançado dos italianos do Monza na melhor equipa da competição, na companhia do guarda-redes Diogo Costa, do defesa Diogo Queirós e dos médios Vítor Ferreira e Fábio Vieira, considerado no domingo a melhor individualidade do torneio.

A seleção portuguesa de sub-21 somou a terceira derrota em outras tantas finais do Europeu da categoria, repetindo os desaires de 1994 (0-1 face à Itália, com ‘golo de ouro’) e 2015 (3-4 com a Suécia nos penáltis, após um ‘nulo’ nos 120 minutos).

A 23.ª edição do campeonato da Europa de sub-21 integrou pela primeira vez 16 participantes e decorreu na Hungria e Eslovénia num formato desfasado, devido ao adiamento para este ano do Euro2020, motivado pela pandemia de covid-19.

 

Lista dos cinco melhores golos:

– Dany Mota, no Portugal-Itália (5-3, após prolongamento), dos quartos de final.

– Florian Wirtz, no Países Baixos-Alemanha (1-2), das meias-finais.

– Denis Makarov, no Rússia-Islândia (4-1), da fase de grupos.

– Domagoj Bradaric, no Croácia-Inglaterra (1-2), da fase de grupos.

– Andrei Ciobanu, no Roménia-Países Baixos (1-1), da fase de grupos.

 

RYTF (PFO) // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS