Estratégia de troca de pneus adiou consagração de Lewis Hamilton

Estratégia de troca de pneus adiou consagração de Lewis Hamilton

Uma segunda paragem nas boxes adiou hoje a consagração como pentacampeão do mundo do britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que terminou em terceiro o Grande Prémio dos Estados Unidos de Fórmula 1, vencido pelo finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari).

O britânico esteve durante quase toda a corrida em posição de assegurar o cetro a três provas do final do campeonato, mas o atraso sofrido com a segunda paragem nas boxes para troca de pneus foi irrecuperável para o piloto da Mercedes, que partiu da ‘pole position’.

Até porque o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), que partiu do quinto lugar, conseguiu recuperar de um pião sofrido na primeira volta que o atirou para 15.º, após toque no Red Bull do australiano Daniel Ricciardo, até ao quarto lugar, obrigado Hamilton a ser segundo para assegurar o quinto cetro, o segundo consecutivo.

Hamilton tinha já sido surpreendido por Raikkonen no arranque, cedendo o primeiro lugar ao finlandês. Mas o pião de Vettel deixava boas perspetivas ao piloto da Mercedes, que se manteve atrás de Raikkonen até à primeira paragem nas boxes.

Nessa altura, vigorava um ‘safety car’ virtual devido à avaria no Red Bull de Ricciardo e a equipa aconselhou Hamilton a fazer o oposto de Raikkonen, que se aguentou em pista e apostava em fazer apenas uma paragem (poupando cerca de 20 segundos).

Enquanto isso, Vettel e o holandês Max Verstappen (Red Bull), que tinha saído da 18.ª posição devido a uma penalização por troca da caixa de velocidades, iam recuperando posições.

Hamilton ainda chegou outra vez à liderança, mas o desgaste nos pneus traseiros obrigou o piloto da Mercedes a nova paragem, a 19 voltas do fim, entregando o comando ao finlandês da Ferrari.

O líder do campeonato ainda conseguiu chegar à terceira posição, atrás de Raikkonen e de um surpreendente Verstappen. Com Vettel na quinta posição, bastava-lhe ultrapassar o holandês, quando ainda faltavam 15 voltas para o final e estava com pneus mais frescos.

Mas o jovem prodígio da Red Bull não se deixou surpreender nas últimas duas voltas, mesmo com os pneus em fim de vida. Enquanto isso, Vettel apanhava e ultrapassava o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), subindo ao quarto lugar, adiando a atribuição do título por pelo menos mais uma semana.

“O Kimi [Raikkonen] fez um grande trabalho hoje, sem cometer erros. O terceiro lugar foi o melhor que conseguimos”, disse Hamilton no final, admitindo que “a segunda paragem” o fez “perder muitos segundos”, assim como o desconhecimento sobre a resistência dos pneus.

“Temos de continuar a tentar na próxima corrida”, concluiu o britânico.

Com este triunfo, Raikkonen tornou-se no mais bem sucedido piloto finlandês na Fórmula 1, com 21 vitórias, descolando de Mikka Hakkinen.

“Tentei ser consistente e manter os pneus vivos”, resumiu o piloto da Ferrari, que já não vencia no Mundial desde 2013, quando venceu o Grande Prémio da Austrália.

O campeonato pode ficar decidido na próxima semana, no México, onde basta a Hamilton ser sétimo, no caso de um triunfo de Vettel, que soma menos 70 pontos do que o britânico.

AGYR // JP

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Estratégia de troca de pneus adiou consagração de Lewis Hamilton

Uma segunda paragem nas boxes adiou hoje a consagração como pentacampeão do mundo do britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que terminou em terceiro o Grande Prémio dos Estados Unidos de Fórmula 1, vencido pelo finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari).