Daniil Medvedev faz história e João Sousa sai do ‘top 100’ mundial de ténis

O tenista russo Daniil Medvedev tomou hoje posse do segundo lugar do ‘ranking’ ATP, empurrando o espanhol Rafael Nadal para a terceira posição, numa tabela liderada pelo sérvio Novak Djokovic e na qual João Sousa figura no 102.º lugar.

Daniil Medvedev faz história e João Sousa sai do 'top 100' mundial de ténis

Daniil Medvedev faz história e João Sousa sai do ‘top 100’ mundial de ténis

O tenista russo Daniil Medvedev tomou hoje posse do segundo lugar do ‘ranking’ ATP, empurrando o espanhol Rafael Nadal para a terceira posição, numa tabela liderada pelo sérvio Novak Djokovic e na qual João Sousa figura no 102.º lugar.

Medvedev, que venceu domingo o primeiro título individual da temporada e 10.º da carreira no ATP 250 de Marselha, já havia garantindo matematicamente na semana passada a ascensão ao segundo lugar da hierarquia mundial, uma vez que o esquerdino de Manacor iria perder metade dos 360 pontos amealhados na edição de 2019 de Indian Wells, mas só hoje foi oficializada a sua melhor classificação da carreira com a atualização do ‘ranking’ ATP.

Graças à subida de uma posição, Daniil Medveved, de 25 anos, tornou-se no primeiro tenista fora do quarteto (Big Four) Novak Djokovic, Rafael Nadal, Roger Federer e Andy Murray a entrar no ‘top 2’ mundial desde o australiano Lleyton Hewitt, em 2005.

Entre os 10 primeiros não houve mais nenhuma alteração, mas no ‘top 100’ mundial protagonizaram-se várias mexidas, uma delas a descida de duas posições do português João Sousa para o 102.º posto.

O vimaranense conquistou o primeiro triunfo da temporada na ronda inaugural do ‘qualifying’ do ATP de Acapulco, mas não conseguiu evitar a saída do ‘top 100’ ao fim de quase oito anos, em que atingiu o 28.º lugar do ‘ranking’, em 2016, e venceu três títulos ATP, sobretudo na sequência da vitória do italiano Andreas Seppi no Callenger de Biella.

Enquanto Pedro Sousa se manteve no 110.º posto, Frederico Silva desceu uma posição, figurando agora no 174.º lugar, e João Domingues prossegue como número 188 da hierarquia ATP. Gonçalo Oliveira, por sua vez, trepou três degraus na classificação e é o 295.º colocado.

No ‘ranking’ WTA, o pódio continua a ser dominado, respetivamente, pela australiana Ashleigh Barty, a japonesa Naomi Osaka e a romena Simona Halep, numa semana em que o ‘top 10’ não teve qualquer alteração.

SRYS // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS