Covid-19. Luís Filipe Vieira suspende iniciativas de campanha eleitoral

A candidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica suspendeu as iniciativas de campanha agendadas para as próximas duas semanas, face ao estado de calamidade decretado pelo Governo, devido à pandemia de covid-19.

Covid-19. Luís Filipe Vieira suspende iniciativas de campanha eleitoral

Covid-19. Luís Filipe Vieira suspende iniciativas de campanha eleitoral

A candidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica suspendeu as iniciativas de campanha agendadas para as próximas duas semanas, face ao estado de calamidade decretado pelo Governo, devido à pandemia de covid-19.

“Em função do reforço das medidas decretadas pelo Governo no combate à covid-19, que entram em vigor à meia noite de hoje, e face ao aumento de casos registados nas últimas 24 horas, a candidatura de Luís Filipe Vieira, dando cumprimento às novas diretivas decretadas, decidiu suspender todas as iniciativas de campanha agendadas”, informou a candidatura do atual presidente benfiquista. Tendo em conta “o elevado número de sócios” que têm participado nas ações de campanha e “os muitos que já se inscreveram em iniciativas futuras”, a candidatura de Vieira considera não existirem condições para manter os eventos previstos “sem colocar em causa as medidas impostas pelo executivo”.

LEIA AINDA

Lech Poznan com caso positivo de covid-19 uma semana antes de defrontar Benfica

“Nesse sentido, todas as ações da candidatura de Luís Filipe Vieira agendadas para as próximas duas semanas serão repensadas e reprogramadas, nomeadamente privilegiando a utilização de ferramentas digitais no contacto com os associados do Sport Lisboa e Benfica”, adiantou. O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje que, a partir de quinta-feira, serão proibidos ajuntamentos de mais de cinco pessoas na via pública e que os eventos de natureza familiar como casamentos e batizados terão um máximo de 50 participantes.

Estas são duas das oito medidas anunciadas por António Costa no final da reunião do Conselho de Ministros, em que também comunicou que Portugal vai elevar o estado de alerta no combate à pandemia da covid-19, passando da situação de contingência para o estado de calamidade. Portugal contabiliza pelo menos 2.117 mortos associados à covid-19 em 91.193 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS). As eleições para os órgãos sociais do Benfica para o quadriénio 2020-2024 estão agendadas para 30 de outubro. Além do atual presidente, Luís Filipe Vieira, concorrem ao escrutínio João Noronha Lopes, Rui Gomes da Silva e Bruno Costa Carvalho. Vieira foi eleito presidente do Benfica em 2003, sucedendo a Manuel Vilarinho.

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS