Covid-19: Eventos desportivos na Alemanha proibidos até 31 de agosto

Os eventos desportivos na Alemanha estão proibidos até 31 de agosto, devido à pandemia de covid-19, revelaram hoje as autoridades daquele país, não descartando a possibilidade dos jogos da primeira liga de futebol serem disputados à porta fechada.

Covid-19: Eventos desportivos na Alemanha proibidos até 31 de agosto

Covid-19: Eventos desportivos na Alemanha proibidos até 31 de agosto

Os eventos desportivos na Alemanha estão proibidos até 31 de agosto, devido à pandemia de covid-19, revelaram hoje as autoridades daquele país, não descartando a possibilidade dos jogos da primeira liga de futebol serem disputados à porta fechada.

“Os principais eventos [incluindo aqueles relacionados com o desporto], que desempenham um papel importante na disseminação do vírus, permanecerão proibidos até 31 de agosto”, informou a chanceler alemã Angela Merkel, após uma reunião com líderes de 16 estados regionais.

Com esta medida, os adeptos não poderão ir aos estádios até, pelo menos, setembro. Contudo, o líder região da Baviera, Markus Söder, abordou a possibilidade de os jogos se realizarem à porta fechada.

“A ‘Bundesliga’ não era um tópico de discussão hoje. A própria Liga está a trabalhar nas futuras condições de segurança e, certamente, vai precisar discutir em breve se, e de que forma, os jogos à porta fechada vão ser possíveis”, revelou.

A Liga alemã (DFL) foi suspensa em 16 de março, inicialmente até 02 de abril, e, mais tarde, até 30, devido à crise sanitária existente com a pandemia da covid-19.

A DFL adiou a reunião de sexta-feira para 23 de abril, data em que os 36 clubes, das I e II ligas, deverão decidir qual o caminho a seguir em relação à paralisação das competições.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou quase 127 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 428 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 599 das 18.091 pessoas registadas como infetadas.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

AJC // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS