Conceição prevê “uma das saídas mais difíceis” ante Casa Pia

O FC Porto vai ter “uma das saídas mais difíceis” da época ante o Casa Pia, no sábado, da 15.ª jornada da I Liga de futebol, frisou hoje o treinador Sérgio Conceição, querendo abrir 2023 com “três pontos fundamentais”.

Conceição prevê

Conceição prevê “uma das saídas mais difíceis” ante Casa Pia

O FC Porto vai ter “uma das saídas mais difíceis” da época ante o Casa Pia, no sábado, da 15.ª jornada da I Liga de futebol, frisou hoje o treinador Sérgio Conceição, querendo abrir 2023 com “três pontos fundamentais”.

“O Casa Pia tem feito um excelente campeonato. Tem sido a equipa surpresa, por assim dizer. As equipas que vêm do contexto de II Liga normalmente são competitivas. Nota-se que o Casa Pia é verdadeiramente uma equipa. Olhamos para os números e vemos que sofre pouco golos e tem mais um golo sofrido do que FC Porto e Benfica [10 contra 11], o que é bem demonstrativo do trabalho que faz como equipa. De todos os clubes recém-promovidos na Europa, é a melhor”, estabeleceu o técnico, em conferência de imprensa.

Depois da inédita interrupção para o Mundial2022, os campeões nacionais regressaram ao campeonato com uma goleada caseira sobre o Arouca (5-1), que, conjugada com a derrota do Benfica em Braga (0-3), encurtou para cinco pontos a distância face ao topo.

“A verdadeira motivação está dentro de casa, no nosso trabalho e nos nossos jogadores. A obrigação é olhar para nós. Não digo isto por ser bonito ou por estar aqui a dizer algo que é evidente, mas porque é verdade. Temos de olhar para a nossa equipa e ganhar os nossos jogos, porque não dependemos de nós. Há que ir atrás do prejuízo. Este duelo é importante para continuarmos a nossa caminhada de ir à procura daquilo que queremos, que é o primeiro lugar, mas também pela qualidade e capacidade do Casa Pia”, admitiu.

Os ‘gansos’ saíram igualmente vitoriosos da ronda anterior, ao capitalizarem a derrota do Vitória de Guimarães em Vizela (0-3) com um triunfo na casa do Portimonense (1-0) para ‘descolarem’ no quinto posto, 83 anos depois da única participação no escalão principal.

“É uma equipa bem montada e com um bom espírito. Conheço bem o capitão, o Vasco [Fernandes], que foi meu jogador no Olhanense. Sente-se que é uma equipa ligada entre treinador, equipa técnica e jogadores. Lembro-me que a equipa se uniu num episódio de alguma infelicidade para o treinador [Filipe Martins], que teve um problema de saúde [de fevereiro a março de 2022]. Os resultados também ajudaram nesta caminhada desde a II Liga e neste trajeto que o Casa Pia tem realizado com muita qualidade na I Liga”, notou.

O FC Porto vive a melhor fase de resultados em 2022/23, com 11 partidas sem perder e quatro vitórias seguidas nas várias provas, mas Sérgio Conceição lembrou que o relvado do Estádio Nacional, em Oeiras, onde o Casa Pia tem evoluído, “pode dificultar a vida”.

“Falei muitas vezes sobre um relvado antigo, que, entretanto, foi mudado. Encontrámos um bom relvado na final da Taça de Portugal [frente ao Tondela, em maio de 2022] e não tenho conhecimento de que esteja em mau estado. De qualquer maneira, está previsto que chova amanhã [sábado], o que pode vir a influenciar naquele momento, dependendo daquilo que o jogo der. Agora, não houve atenção especial a isso na preparação”, disse.

Com cinco embates originalmente calendarizados para o primeiro mês do novo ano civil – três na I Liga, um nos oitavos de final da Taça de Portugal e outro na ‘final four’ da Taça da Liga -, os ‘dragões’ têm a perspetiva de disputar mais um, caso vençam o ‘secundário’ Académico de Viseu nas ‘meias’ da competição mais jovem do futebol profissional luso.

“Estamos habituados a este calendário. É um bom sinal, porque o FC Porto tem de estar em todas as frentes. Esperemos que sejam seis jogos em janeiro, incluindo uma final [da Taça da Liga]. Vamos trabalhar para que isso aconteça”, determinou Sérgio Conceição.

Francisco Meixedo, Pepe, o nigeriano Zaidu e o brasileiro Evanilson voltarão a desfalcar as opções do treinador, que viu o capitão ser alvo na terça-feira de intervenção cirúrgica ao braço esquerdo, após a lesão sofrida ao serviço de Portugal durante o Mundial2022.

O FC Porto, terceiro classificado, com 32 pontos, cinco abaixo do líder Benfica, visita o Casa Pia, quinto, com 26, no sábado, a partir das 20:30, no Estádio Nacional, em Oeiras, para a 15.ª ronda da I Liga, com arbitragem de Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Em caso de triunfo no seu 299.º jogo, Sérgio Conceição vai superar José Maria Pedroto como treinador com mais vitórias alcançadas à frente do clube ‘azul e branco’, com 216.

RYTF // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS