Cláudia Neto anuncia retirada da seleção de futebol de Portugal

A futebolista internacional portuguesa Cláudia Neto anunciou hoje, aos 33 anos, a sua retirada da seleção, que representou em 135 jogos, nos quais marcou 19 golos.

Cláudia Neto anuncia retirada da seleção de futebol de Portugal

Cláudia Neto anuncia retirada da seleção de futebol de Portugal

A futebolista internacional portuguesa Cláudia Neto anunciou hoje, aos 33 anos, a sua retirada da seleção, que representou em 135 jogos, nos quais marcou 19 golos.

“Foi uma HONRA Portugal! Agradeço todo o apoio e carinho que recebi ao longo destes anos em que representei Portugal. Obrigada a todas as minhas colegas que, ao longo destes 17 anos, tive o prazer de partilhar balneário, vitórias, derrotas e tantos momentos felizes, bem como a todos os treinadores que fizeram parte do meu percurso e crescimento”, disse.

Cláudia Neto, que em termos de internacionalizações na equipa das ‘quinas’ só é superada por Carla Couto, com 146, estreou-se na seleção em 09 de março de 2006, depois de ter passado pelas camadas jovens.

“Saio com um enorme orgulho no meu trajeto, foi uma HONRA jogar de Quinas ao peito nas 167 internacionalizações (totais) e envergar a braçadeira de capitã. Desejo a continuação de maior sucesso. Estarei sempre a apoiar as cores do nosso país”, completou a atleta.

No seu currículo, destaca-se a participação no histórico apuramento para o campeonato da Europa de 2017, na Holanda, enquanto em termos de clubes ganhou, com o Wolfsburgo, três campeonatos e duas Taças na Alemanha, bem como dois campeonatos e duas taças na Suécia, ao serviço do Linköpings.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, manifestou o seu “genuíno apreço pela forma frontal e fraterna” como a internacional lhe anunciou a sua decisão.

“As suas 135 internacionalizações e os 19 golos não conseguem, apesar do brilhantismo, fazer justiça ao legado que deixa na hora da partida: a verdade é que nenhuma estatística explica a forma como, dentro de campo, alavancou a transformação do futebol feminino e como inspirou várias gerações de jogadoras a tornarem-se melhores e, principalmente, a tornarem muito melhor a nossa seleção nacional”, elogiou.

Fernando Gomes considera que Claudia Neto “dignificou a seleção, o desporto e o país”, agradecendo-lhe “todo o esforço, dedicação e talento” ao serviço das seleções.

“Despeço-me com uma palavra de felicidade e boa sorte para o seu futuro desportivo e pessoal. Sei, pelo que testemunhei do seu indelével percurso, que o sucesso estará à sua espera em qualquer caminho que, doravante, escolher trilhar. Muito obrigado, Cláudia Neto!”, concluiu.

RBA // VR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS