Ciclista ‘amador’ Daniel Bigham bate recorde da Hora com 55,548 quilómetros

O britânico Daniel Bigham, que não é ciclista profissional mas engenheiro de performance da equipa INEOS, estabeleceu hoje um novo recorde mundial da hora, ao registar 55,548 quilómetros no velódromo de Grenchen, na Suíça.

Ciclista 'amador' Daniel Bigham bate recorde da Hora com 55,548 quilómetros

Ciclista ‘amador’ Daniel Bigham bate recorde da Hora com 55,548 quilómetros

O britânico Daniel Bigham, que não é ciclista profissional mas engenheiro de performance da equipa INEOS, estabeleceu hoje um novo recorde mundial da hora, ao registar 55,548 quilómetros no velódromo de Grenchen, na Suíça.

Aos 30 anos, o vice-campeão britânico de contrarrelógio estabeleceu um novo máximo na distância regulada pela União Ciclista Internacional (UCI), batendo a marca do belga Victor Campenaerts, que em 2019 tinha conseguido 55,089 quilómetros em Aguascalientes (México).

“Na minha cabeça queria fazer 55,5, por isso conseguir mais 48 metros deixa-me bastante satisfeito”, explicou, lacónico, o novo detentor do recorde, que ainda assim categorizou o feito de “bastante épico”.

Também campeão nacional na pista, conseguindo este ano o título de perseguição individual, e bronze nos Mundiais de Yorkshire2019, na estafeta mista de estrada, Bigham trabalha como engenheiro na INEOS mas sempre quis tentar o recorde da hora.

Os 55,548 quilómetros batem ainda a marca de Tony Rominger em 1994, categorizada sob o termo ‘melhor esforço humano’, mas de fora das regras da UCI, de 55,291, e está atrás apenas de um registo histórico: Chris Boardman pedalou 56,375 quilómetros numa hora em 1996.

SIF // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS