Chaves confirma no Jamor 'candidatura' às 'meias' da Taça da Liga

Chaves confirma no Jamor ‘candidatura’ às ‘meias’ da Taça da Liga

O Desportivo de Chaves confirmou hoje a ‘candidatura’ às meias-finais da Taça da Liga de futebol, ao vencer o Belenenses, por 1-0, e igualando o FC Porto na liderança do grupo C.

No Estádio Nacional, em Oeiras, um golo de Niltinho, aos 49 minutos, revelou-se decisivo para que os flavienses se mantenham na luta pelo apuramento para a próxima fase, dividindo a liderança com o FC Porto, ambos com quatro pontos, mas com vantagem para os ‘dragões’, que têm melhor diferença de golos (dois, contra um dos transmontanos).

FC Porto, Desportivo de Chaves e Varzim – este último com três pontos e próximo adversário do conjunto de Trás-os-Montes – continuam na luta pela qualificação, algo a que o Belenenses, que visita os portistas na última ronda, já não pode aspirar, após somar a segunda derrota no mesmo número de jogos.

Aos dois minutos, o Chaves já tinha visado a baliza Mika por duas vezes, embora sem perigo de maior para o guardião, que foi uma das cinco alterações no ‘onze’ dos ‘azuis’, as mesmas que Daniel Ramos promoveu nos transmontanos.

A partida, que pareceu mais um jogo-treino, esteve longe de oferecer momentos de verdadeiro interesse e ocasiões de golo, particularmente numa primeira parte em que nenhuma das equipas teve a clarividência necessária nos últimos 30/40 metros.

De resto, o Belenenses só criou verdadeiro perigo nos minutos que antecederam o intervalo, primeiro num remate de Keita que foi travado por um defensor visitante e, depois, num livre batido por Ljujic, que obrigou António Filipe a aplicar-se.

Ainda assim, o Desportivo de Chaves regressou do descanso com absoluta eficácia, num lance em que os flavienses recuperaram a bola, apanharam os ‘azuis’ desequilibrados e Perdigão abriu ‘caminho’ para o golo de Niltinho.

Os lisboetas procuraram responder, mas nunca tiveram capacidade para ‘ferir’, de facto, o adversário, mesmo melhorando ligeiramente com a entrada de Henrique Almeida. Já os transmontanos poderiam ter dilatado a vantagem, mas nem Perdigão nem André Luís conseguiram bater Mika.

A esperança do Belenenses esfumou-se pouco depois, na sequência de uma jogada de bom envolvimento ofensivo e que terminou com Ljujic a ficar a centímetros do empate.

Jogo realizado no Estádio Nacional, em Oeiras.

Belenenses – Desportivo de Chaves, 0-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Niltinho, 49 minutos.

Equipas:

– Belenenses: Mika, Diogo Viana, Gonçalo Silva, Sasso, Zakarya, Nuno Coelho (André Santos, 63), Ljujic, Eduardo Silva (Dálcio, 71), Licá, Dramé (Henrique Almeida, 57) e Keita.

(Suplentes: Guilherme, Gonçalo Tavares, Dálcio, Henrique Almeida, Cleylton, André Santos e Kikas).

Treinador: Silas.

– Desportivo de Chaves: António Filipe, Lionn, Maras (Hugo Basto, 33), Marcão, Luís Martins, Niltinho (Avto, 75), Bressan, Jefferson, Perdigão (Filipe Melo, 88), Platiny e André Luís.

(Suplentes: Ricardo, Paulinho, Hugo Basto, Filipe Melo, Avto, William e Mika Borges).

Treinador: Daniel Ramos.

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Nuno Coelho (23), Eduardo Silva (28), Lionn (58), André Luís (81) e Henrique Almeida (90+5).

Assistência: cerca de 150 espetadores.

MYO // PA

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Chaves confirma no Jamor ‘candidatura’ às ‘meias’ da Taça da Liga

O Desportivo de Chaves confirmou hoje a ‘candidatura’ às meias-finais da Taça da Liga de futebol, ao vencer o Belenenses, por 1-0, e igualando o FC Porto na liderança do grupo C.