Charles Leclerc conquista sétima ‘pole’ do ano no GP de França de Fórmula 1

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) conquistou hoje a sétima ‘pole position’ da temporada do Mundial de Fórmula 1, ao ser o mais rápido na qualificação do Grande Prémio de França, 12.ª corrida do ano.

Charles Leclerc conquista sétima 'pole' do ano no GP de França de Fórmula 1

Charles Leclerc conquista sétima ‘pole’ do ano no GP de França de Fórmula 1

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) conquistou hoje a sétima ‘pole position’ da temporada do Mundial de Fórmula 1, ao ser o mais rápido na qualificação do Grande Prémio de França, 12.ª corrida do ano.

Para somar a 16.ª ‘pole’ da carreira, o piloto da Ferrari teve a ajuda do companheiro de equipa, o espanhol Carlos Sainz (Ferrari), que funcionou como ‘lebre’ e abriu caminho para a melhor volta de Leclerc.

O monegasco, que já tinha o melhor tempo da qualificação, ainda melhorou na sua derradeira tentativa, conquistando a ‘pole’ com o tempo de 1.30,872 minutos.

O neerlandês Max Verstappen (Red Bull), líder do campeonato, foi o segundo, a 0,304 segundos de Leclerc, com o mexicano Sérgio Pérez (Red Bull) a ficar em terceiro, a 0,463 segundos.

Sabendo que Carlos Sainz iria ser penalizado por ter de mudar de motor nesta corrida, a Ferrari fez o piloto espanhol ir avançando em todas as fases da qualificação para poder ajudar a abrir caminho a Leclerc na Q3, a derradeira fase onde estavam apenas os 10 mais rápidos.

“Foi difícil fazer uma volta perfeita. Um grande obrigado ao Carlos. Teria sido difícil sem a sua ajuda”, explicou, no final, Charles Leclerc, que parte para esta 12.ª ronda na segunda posição do campeonato, a 38 pontos de Verstappen.

O neerlandês queixou-se de problemas de “aderência”, mas mostra-se confiante para a corrida.

“Faltou-nos alguma aderência, mas acho que vamos ter um bom ritmo de corrida e virar o jogo a nosso favor”, frisou.

Carlos Sainz vai partir de 19.º, pois o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas), que também mudou o motor do seu carro, parte de última, já que nem sequer saiu para a pista na derradeira fase da qualificação (Q3).

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) foi o quarto classificado, a 0,893 segundos de Leclerc, seguido dos compatriotas Lando Norris (McLaren) e George Russell (Mercedes).

As evoluções aerodinâmicas trazidas pela Mercedes para França parecem ter aproximado ligeiramente os carros germânicos da Ferrari e da Red Bull.

Max Verstappen chega a esta 12.ª ronda com 208 pontos, contra os 170 de Leclerc, que é segundo.

AGYR // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS