Boaventura ‘solidário’ com família de Bruno de Carvalho

César Boaventura afirma que Bruno de Carvalho se iludiu com o poder e que acabou por ver o seu “castelo construído em areia desmoronar-se”.

Boaventura 'solidário' com família de Bruno de Carvalho

Boaventura ‘solidário’ com família de Bruno de Carvalho

César Boaventura afirma que Bruno de Carvalho se iludiu com o poder e que acabou por ver o seu “castelo construído em areia desmoronar-se”.

César Boaventura comentou a última grande polémica do futebol português e opinou sobre a ilusão de poder com que Bruno de Carvalho viveu durante a sua presidência à frente do Sporting Clube de Portugal.

Segundo o empresário de futebol, Bruno de Carvalho começou por “desenvolver um trabalho magnífico” à frente do Sporting, ao reconstruir o clube e a contratar bem, dando o exemplo concreto de Jorge Jesus, mas que acabou por se iludir ao confundir “Poder com Populismo”.

 

LEIA MAIS:Bruno de Carvalho: greve atrasa inquérito

O agente desportivo continuou acusando o agora ex-líder do clube de Alvalade de incapacidade de gestão e de querer “destruir o eterno rival”, acabando por realizar “uma aliança com o rival do Norte para atormentar o vizinho”, roubando informação privilegiada sob a bandeira da verdade desportiva, optando por “destruir os de fora” em vez de “vencer dentro”.

 

O rei no castelo de areia

Bruno esqueceu que a família é a nossa base e até esse casamento de sonho perdeu. Esqueceu que não se constrói nada com a destruição dos outros. Esqueceu que nunca devemos cuspir para o ar. Esqueceu que um homem tem de medir as atitudes e as decisões. Bruno foi o tudo que deu em nada.

Ao “pensar que já era rei”, e segundo as palavras de César Boaventura, Bruno de Carvalho acabou por se iludir num mundo de falsos apoiantes e amigos, acabando por ser envolvido no processo ‘Cash Ball’ e agora ao ser detido e indiciado por mais de cinquenta crimes, ficando agora “conhecido pelas piores razões”.

À família de BdC, o empresário deseja força, terminando com o desejo de ver o antigo líder leonino como um exemplo de justiça.
Pode ler o editorial na íntegra em César Boaventura | Bruno de Carvalho pensou que já era rei.

César Boaventura

 

LEIA MAIS: César Boaventura | Os agentes do futebol moderno

Impala Instagram


RELACIONADOS