Carlo Ancelotti vence prémio de treinador do ano da UEFA, Benzema melhor jogador

O italiano Carlo Ancelotti venceu hoje o prémio de treinador do ano da UEFA, juntamente com o francês Karim Benzema, como melhor futebolista, depois de ambos terem conquistado a última edição da Liga dos Campeões pelo Real Madrid.

Carlo Ancelotti vence prémio de treinador do ano da UEFA, Benzema melhor jogador

Carlo Ancelotti vence prémio de treinador do ano da UEFA, Benzema melhor jogador

O italiano Carlo Ancelotti venceu hoje o prémio de treinador do ano da UEFA, juntamente com o francês Karim Benzema, como melhor futebolista, depois de ambos terem conquistado a última edição da Liga dos Campeões pelo Real Madrid.

O experiente técnico de 63 anos, que em abril último se tornou no primeiro técnico a conquistar o título nos cinco principais campeonatos europeus, juntando ao feito a quarta ‘Champions’ do currículo, superou os homólogos Pep Guardiola, do Manchester City, e Jürgen Klopp, do Liverpool, na ‘corrida’ ao prémio.

Já Karim Benzema, um dos grandes responsáveis pela conquista da 14.ª ‘orelhuda’ da historia dos madridistas, muito por culpa dos 15 golos apontados, somou mais pontos do que os concorrentes Kevin de Bruyne (Manchester City) e Thibaut Courtois, este último seu colega de equipa no Real.

“Estou muito feliz. É a primeira vez que conquisto este troféu, mas para mim o mais importante é ganhar troféus com a equipa. O senhor Ancelotti é o melhor treinador do mundo, é querido de todos os jogadores, dá-nos confiança e diz o que fazer antes de cada jogo”, expressou o ponta-de-lança francês, após receber o galardão, em Istambul, onde decorreu a cerimónia, juntamente com o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões 2022/23.

Na vertente feminina, a espanhola Alexia Putellas, do FC Barcelona, que falhou o último Europeu vencido pela anfitriã Inglaterra, devido a uma lesão grave, foi distinguida à frente da inglesa Beth Mead (Arsenal) e da alemã Lena Oberdorf (Wolfsburgo).

A treinadora do ano foi, sem surpresas, Sarina Wiegman, depois de ter conduzido a seleção inglesa à primeira conquista de um Europeu, ficando à frente de Sonia Bompastor, treinadora do Lyon, de França, e Martina Voss-Tecklenburg, selecionadora da Alemanha, derrotada na final do Euro2022, em Wembley, Londres.

AJC // MO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS