Campeonato Nacional Absoluto de golfe vai juntar profissionais a amadores

A 87.ª edição do Campeonato Nacional Absoluto de golfe inicia-se na quarta-feira, em Espinho, com jogadores profissionais a integrarem, pela primeira vez, uma prova que era exclusivamente reservada a amadores e que vai premiar vencedores em três categorias.

Campeonato Nacional Absoluto de golfe vai juntar profissionais a amadores

Campeonato Nacional Absoluto de golfe vai juntar profissionais a amadores

A 87.ª edição do Campeonato Nacional Absoluto de golfe inicia-se na quarta-feira, em Espinho, com jogadores profissionais a integrarem, pela primeira vez, uma prova que era exclusivamente reservada a amadores e que vai premiar vencedores em três categorias.

Até sábado, no Oporto Golf Club, estarão em jogo os títulos de campeão e vice-campeão nas categorias absoluto, amador e de segundas categorias (amador), nas vertentes masculina e feminina, com amadores e profissionais a cruzarem-se nas provas.

O presidente da Federação Portuguesa de Golfe (FPG), Miguel Franco de Sousa, revelou que está a ser feita “uma aposta cada vez mais forte naquilo que é a participação simultânea de profissionais e amadores”, considerando que “estas competições irão beneficiar todos”.

“Vamos dar maior visibilidade aos eventos, maior competitividade aos profissionais e mais prémios monetários para eles poderem investir ao longo da época. É um formato a explorar e apostar no futuro”, afirmou Franco de Sousa à assessoria de imprensa da FPG.

Entre os golfistas que vão estar presentes em Espinho, destacam-se Ricardo Santos e Ricardo Melo Gouveia.

A 87.ª edição do Campeonato Nacional Absoluto, torneio de 72 buracos, que conta com 148 golfistas, arranca na quarta-feira e termina no sábado, enquanto o Pro-Am está agendado para domingo.

MO // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS