Bracali e Hamache desfalcam Boavista frente ao Benfica

Os futebolistas Rafael Bracali, por lesão, e Yanis Hamache, por opção técnica, desfalcarão as opções do Boavista para a receção ao Benfica, no sábado, em jogo da quarta jornada da I Liga, disse hoje o treinador ‘axadrezado’ Petit.

Bracali e Hamache desfalcam Boavista frente ao Benfica

Bracali e Hamache desfalcam Boavista frente ao Benfica

Os futebolistas Rafael Bracali, por lesão, e Yanis Hamache, por opção técnica, desfalcarão as opções do Boavista para a receção ao Benfica, no sábado, em jogo da quarta jornada da I Liga, disse hoje o treinador ‘axadrezado’ Petit.

“Na partida com o Santa Clara [triunfo por 2-1, na segunda ronda], o Rafael Bracali teve uma saída [da baliza] em que prendeu o joelho e fez uma pequena lesão. Estará parado entre duas a três semanas, mas o azar de uns é a oportunidade para outros. Claro que gostamos sempre de ter todos os jogadores disponíveis, mas o guarda-redes que entrar neste desafio vai dar conta do recado”, explicou o técnico, em conferência de imprensa.

O ‘guardião’ brasileiro, de 41 anos, tinha sido titular nos 20 jogos anteriores disputados pelo clube do Bessa na prova, incluindo as três primeiras jornadas da edição de 2022/23, sempre como ‘capitão’, abrindo agora espaço à estreia absoluta do compatriota César, contratado ao Bahia, ou de João Gonçalves, com formação concluída pelas ‘panteras’.

“Quanto ao [Yanis] Hamache, é um jogador que nos ajudou nas duas primeiras partidas, mas, nesta altura, não está apto. Esteve 10 dias sem trabalhar connosco e não está na sua melhor forma física. O jogador que alinhar vai dar conta do recado”, completou Petit.

O defesa internacional argelino, de 23 anos, tinha sido autorizado no início da semana passada a ausentar-se dos trabalhos do Boavista para acertar a transferência para os ucranianos do Dnipro, mas o negócio ‘caiu’, motivando o seu regresso na quarta-feira.

Além de Rafael Bracali e Yanis Hamache, Petit deve estar privado de Ricardo Mangas, Miguel Reisinho, Luís Santos e do gambiano Yusupha, todos a recuperarem de lesões.

O brasileiro Robson Reis, cuja ausência na recente derrota frente ao Casa Pia (0-2) se deveu ao atraso no envio do respetivo certificado internacional para a Liga de clubes, “pode ser opção”, ao passo que o também reforço nigeriano Onyemaechi já foi inscrito.

O Boavista, terceiro colocado, com seis pontos, em três jogos, recebe o Benfica, quarto, com idêntica pontuação, em dois, no sábado, a partir das 18:00, no Estádio do Bessa, no Porto, no 130.º confronto da história entre os dois clubes, a contar para a quarta jornada do campeonato, com arbitragem de João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.

RYTF // MO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS