Boston Celtics vencem ‘negra’ em Miami e estão na final da NBA pela 22.ª vez

Miami, Estados Unidos, 30 mai 2022 (Lusa) — Os Boston Celtics qualificaram-se no domingo para a final da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) pela 22.ª vez, ao venceram no reduto dos Miami Heat por 100-96, no jogo 7 da final da Conferência Este.A formação comandada por Ime Udoka liderou a ‘negra’ do início ao final, […]

Boston Celtics vencem 'negra' em Miami e estão na final da NBA pela 22.ª vez

Boston Celtics vencem ‘negra’ em Miami e estão na final da NBA pela 22.ª vez

Miami, Estados Unidos, 30 mai 2022 (Lusa) — Os Boston Celtics qualificaram-se no domingo para a final da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) pela 22.ª vez, ao venceram no reduto dos Miami Heat por 100-96, no jogo 7 da final da Conferência Este.A formação comandada por Ime Udoka liderou a ‘negra’ do início ao final, […]

Miami, Estados Unidos, 30 mai 2022 (Lusa) — Os Boston Celtics qualificaram-se no domingo para a final da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) pela 22.ª vez, ao venceram no reduto dos Miami Heat por 100-96, no jogo 7 da final da Conferência Este.

A formação comandada por Ime Udoka liderou a ‘negra’ do início ao final, mas ainda apanhou um valente susto no último minuto, depois de um parcial de 11-0 dos Heat, que se colocaram a dois pontos (98-96) e tiveram um lançamento para virar o resultado.

Depois de ganhar um ressalto defensivo, o ‘incansável’ Jimmy Butler, que jogou os 48 minutos, correu o campo e optou por lançar um ‘triplo’, com 16,6 segundos para jogar, mas a bola bateu no aro, não entrou e os Celtics garantiram o ressalto.

Marcus Smart não ‘tremeu’ da linha de lance livre e sentenciou, a 11,4 segundos do final, o apuramento dos Celtics, que não estavam na final desde 2010 e arrebataram o seu 17.º e último título em 2008, numa final com os Los Angeles Lakers (4-2).

Jason Tatum, eleito o ‘Jogador Mais Valioso’ (MVP) da final de conferência, que lhe valeu o troféu Larry Bird, criado esta época, foi também o melhor marcador do jogo decisivo, com 26 pontos, aos quais acrescentou 10 ressaltos e seis assistências.

As outras duas maiores referências ofensivas do conjunto de Boston também estiveram em bom plano, com Jaylen Brown a somar 24 pontos, seis ressaltos e seis assistências e Smart a adicionar 24 pontos, nove ressaltos e cinco assistências.

Destaque ainda, nos forasteiros, para os 14 ressaltos de Al Horford, que se ficou pelos cinco pontos, e os 19 pontos vindos do banco – 11 de Grant Williams e oito de Derrick White.

Na formação da casa, Jimmy Butler foi o grande protagonista, com 35 pontos e nove ressaltos, mas não conseguiu ser o ‘herói’, ao falhar o ‘triplo’ para liderança, no último minuto, depois de outro para empatar o jogo, no início do quarto período.

Bam Adebayo, com 25 pontos e 11 ressaltos, e Kyle Lowry, com 15 pontos e sete ressaltos, também se destacaram nos anfitriões, que voltaram a contar com Tyler Herro, mas só durante 6.43 minutos, mostrando que, afinal, não estava em condições.

Os Heat vão, assim, de férias, enquanto os Celtics seguem para a final, face aos Golden State Warriors, numa reedição do jogo decisivo de 1964, então com triunfo dos ‘verdes’ por 4-1, face aos então denominados San Francisco Warriors.

Foi, aliás, uma final histórica, já que foi a primeira vez que duas das maiores lendas da NBA se defrontaram num duelo pelo título, com Bill Russell a levar a melhor sobre Wilt Chamberlain, o homem que, um dia, marcou 100 pontos num jogo.

Na final de 2022, o fator casa está do lado dos Warriors, ‘carrascos’ dos Dallas Mavericks e do esloveno Luka Doncic na final da conferência Este (4-1), que recebem os dois primeiros encontros, na quinta-feira e no domingo.

Os jogos 3 e 4 estão marcados para Boston, em 08 e 10 de junho, e, se necessário, já que a final é à melhor de sete jogos, o quinto será em San Francisco, em 13, o sexto em Boston, em 16, e o sétimo de novo na casa dos Warriors, no dia 19.

Os Warriors procuram o sétimo título, na 12.ª final, enquanto os Celtics podem somar o 18.º, na 22.ª, e superar os 17 cetros dos rivais Los Angeles Lakers, com os quais partilham a liderança do ‘ranking’ dos campeões.

PFO // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS