Boavista, Santa Clara e Académica falharam controlo salarial de dezembro

Boavista e Santa Clara, ambos da I Liga, e Académica, do segundo escalão, falharam a demonstração da inexistência de dívidas salariais junto da Liga Portuguesa de Futebol Profissional entre setembro e novembro, anunciou hoje o organismo.

Boavista, Santa Clara e Académica falharam controlo salarial de dezembro

Boavista, Santa Clara e Académica falharam controlo salarial de dezembro

Boavista e Santa Clara, ambos da I Liga, e Académica, do segundo escalão, falharam a demonstração da inexistência de dívidas salariais junto da Liga Portuguesa de Futebol Profissional entre setembro e novembro, anunciou hoje o organismo.

Em comunicado, a LPFP informa que 31 sociedades desportivas, duas das quais com equipas B, comprovaram a inexistência de dívidas, assinalando Boavista, Santa Clara e Académica como exceções, tendo agora os clubes 15 dias para demonstrarem a regularização dos salários.

“Em cumprimento do previsto no n.º 5 do artigo 78.º – A do Regulamento de Competições da LPFP, foram notificados o Boavista, o Santa Clara e a Académica para, no prazo de 15 dias, fazerem demonstração do cumprimento salarial dos referidos meses”, lê-se no comunicado do organismo que rege as competições profissionais de futebol.

Após 15 jornadas, o Boavista ocupa o nono lugar da I Liga, com 15 pontos, mais dois do que o Santa Clara, 14.º colocado, enquanto a Académica segue na 17.ª e penúltima posição da II Liga, com os mesmos sete pontos do lanterna-vermelha Varzim.

JP // AMG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS