‘Bis’ de Lewandowski dá liderança isolada ao Bayern Munique na Alemanha

Um golo do polaco Robert Lewandowski em tempo de compensação, já após ter feito o primeiro do Bayern Munique no campo do Bayer Leverkusen, deu hoje aos bávaros a vitória (2-1) e a liderança isolada da liga alemã.

'Bis' de Lewandowski dá liderança isolada ao Bayern Munique na Alemanha

‘Bis’ de Lewandowski dá liderança isolada ao Bayern Munique na Alemanha

Um golo do polaco Robert Lewandowski em tempo de compensação, já após ter feito o primeiro do Bayern Munique no campo do Bayer Leverkusen, deu hoje aos bávaros a vitória (2-1) e a liderança isolada da liga alemã.

O conjunto treinado por Hans-Dieter Flick é, agora, o novo líder isolado da ‘Bundesliga’, com 30 pontos, mais dois do que os farmacêuticos e do que o Leipzig, que nesta 13.ª jornada consentiu uma igualdade sem golos na receção ao Colónia.

O momento que decidiu o encontro estava reservado para o período de ‘descontos’ do segundo tempo, ainda que o ‘artilheiro’ polaco tenha contado com a ajuda do central Jonathan Tah, assistindo o avançado para bater Hradecky, aos 90+3 minutos.

No primeiro tempo, um pontapé de pé esquerdo, sem deixar a bola cair no relvado, do avançado checo Patrick Shick, quando decorria o minuto 14, tinha colocado os farmacêuticos na frente, até que apareceu em jogo o melhor jogador do mundo para a FIFA, a fazer jus ao estatuto.

Lewandowski repôs a igualdade a dois minutos do intervalo, aproveitando a falha de comunicação entre o guardião Hradecky e do azarado Tah, para cabecear sem oposição.

O Borussia Mönchengladbach estava bem encaminhado para voltar aos triunfos, contudo, Kramaric (75) e Ryan Sessegnon (86) operaram a reviravolta no Borrusia Park para o Hoffenheim, depois do capitão e melhor marcador do ‘gladbach’, Lars Stindl, que na sexta-feira renovou contrato, ter inaugurado o marcador, de penálti (34).

O encontro ficou marcado pelo comportamento do internacional francês Marcus Thuran, que recebeu o cartão vermelho direto ao minuto 79, por cuspir na cara do defesa Stefan Posch, arriscando uma longa suspensão.

Um golo na própria baliza de Framberger e um outro de Ilsanker deram a vitória (2-0) ao Eintracht Frankfurt, que teve o internacional português André Silva no reduto do Augsburgo até ao minuto 77.

Ainda sem o lesionado Gonçalo Paciência, o Schalke 04, que na sexta-feira despediu o treinador Manuel Baum e fez regressar temporariamente o holandês Huub Stevens ao comando técnico, continua a viver um calvário a nível de resultados e, desta vez, foi derrotado (1-0) em casa pelo recém-promovido Arminia Bielefeld.

Com vida igualmente complicada na prova está o Mainz, no 17.º lugar, depois do tento solitário anotado pelo jovem avançado Dinkci, ao minuto 90, ter garantindo o regresso às vitórias do Werder Bremen, 10 jogos oficiais depois.

AJC // RPC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS