‘Bis’ de Dybala assegura regresso aos triunfos da Roma de José Mourinho

Dois golos do argentino Paulo Dybala deram hoje a vitória à Roma na receção à Fiorentina, na 18.ª jornada da Liga italiana de futebol, assegurando o regresso aos triunfos da formação comandada pelo português José Mourinho.

'Bis' de Dybala assegura regresso aos triunfos da Roma de José Mourinho

‘Bis’ de Dybala assegura regresso aos triunfos da Roma de José Mourinho

Dois golos do argentino Paulo Dybala deram hoje a vitória à Roma na receção à Fiorentina, na 18.ª jornada da Liga italiana de futebol, assegurando o regresso aos triunfos da formação comandada pelo português José Mourinho.

Com o português Rui Patrício titular na baliza ‘romanista’, o jogo ficou decidido em três momentos, a começar pela expulsão, por acumulação de amarelos, de Dodô, logo aos 24 minutos.

Diminuída, a equipa de Florença, adversária do Sporting de Braga no ‘play-off’ de acesso aos oitavos de final da Liga Conferência Europa, perdeu argumentos para disputar o jogo e o inglês Tammy Abraham assistiu, com um toque de peito, um vólei certeiro de Dybala, que ainda desviou num defesa para enganar o guarda-redes, aos 40.

No segundo tempo, os papéis repetiram-se, com o avançado inglês a descobrir o argentino na área, para fechar o resultado aos 82 com o seu 10.º golo em 16 jogos pela formação da capital italiana, a que chegou esta época.

Contas feitas, a Roma segue em sétimo, com 34 pontos, os mesmos de Lazio, quinta, e Atalanta, sexta, atrás de Inter Milão (quarto) e Juventus (terceira), ambos com 37, e do AC Milan, segundo com 38.

Destacado na liderança está o Nápoles, que goleou a Juventus na sexta-feira por 5-1 e soma 47.

O destaque do dia foi a goleada ‘gorda’ da Atalanta, que recebeu e venceu a Salernitana por 8-2, anulando tentos de Dia e Caviglia com um ‘bis’ de Lookman e tentos de Koopmeiners, Boga, Scalvini, Hojlund, Ederson e Zortea.

A formação de Bérgamo segue entre o grupo de equipas com 34 pontos, na luta pela Europa, enquanto a Salernitana prosseguiu a série negativa, com a quarta derrota nos últimos cinco encontros, e é 16.ª, com 18.

O Bolonha subiu a 11.º ao dar à Udinese, oitava, o seu 10.º jogo sem vencer no campeonato, em plena ‘queda livre’ após ser a surpresa do primeiro terço da ‘Serie A’.

A formação de Udine até começou por cima, com o sétimo golo do português Beto no campeonato, aos 10 minutos, mas Sansone (59) e Posch (80) consumaram a reviravolta.

Quinta com 34, a rival da Roma, a Lazio, venceu hoje em casa do Sassuolo, 17.º, por 2-0, com um golo do brasileiro ex-FC Porto Felipe Anderson e o português Luís Maximiano como suplente não utilizado.

O Spezia ganhou fôlego na luta pela manutenção ao vencer em casa do Torino por 1-0, com o lateral português João Moutinho a entrar aos 90+1.

SIF // JP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS