Benfica/Eleições: Manuel Damásio considera que o mais importante é a união

O antigo presidente Manuel Damásio disse hoje que o mais importante é a união no Benfica, seja quem for o vencedor, entre Rui Costa e Francisco Benitez, nas eleições de hoje para os órgãos sociais do clube.

Benfica/Eleições: Manuel Damásio considera que o mais importante é a união

Benfica/Eleições: Manuel Damásio considera que o mais importante é a união

O antigo presidente Manuel Damásio disse hoje que o mais importante é a união no Benfica, seja quem for o vencedor, entre Rui Costa e Francisco Benitez, nas eleições de hoje para os órgãos sociais do clube.

“Como estou dentro do estádio, não posso dizer em quem votei, e isso é para cumprir, mas seja um ou outro, o importante é que o Benfica esteja unido e a partir de segunda-feira seja uma força única e que bem precisamos disso, porque temos vários desafios pela frente”, assinalou o antigo presidente em declarações à BTV.

Manuel Damásio reconheceu que os atos eleitorais de hoje são muito diferentes dos que viveu em 1994, diante do José Capristano, ou em 1996, frente a João Vale e Azevedo, nos dois mandatos que teve à frente do Benfica.

“Há uma grande diferença nos atos eleitorais para o meu tempo. As infraestruturas estão ótimas, hoje ainda está mais bem organizado do que era hábito e os meus parabéns”, considerou o antigo presidente.

Damásio lembrou a crise financeira vivida no clube na sua primeira eleição, mas disse que também hoje o Benfica vive momentos difíceis, à luz dos acontecimentos que levaram à renúncia do ex-presidente Luís Filipe Vieira.

“No meu caso, o Benfica atravessava uma crise financeira péssima na sua história, hoje também atravessa um mau dia, porque nunca gostamos de ver as razões que levaram a que o nosso presidente Luís Filipe Vieira tivesse de ser afastado”, sublinhou.

Vieira, que esteve à frente do Benfica desde 2003, renunciou em julho depois de ser detido no âmbito de uma investigação que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado, SAD do Benfica e Novo Banco.

“Com certeza que vai fazer os possíveis para provar que não são assim as acusações, não são verdadeiras, conforme dizem”, adiantou Damásio em relação ao ex-presidente, o mais duradouro da história do clube, entre 2003 e 2021.

Hoje, será conhecido o seu sucessor em sufrágio, apesar de Rui Costa ter interinamente assumido a presidência do clube entre julho e outubro, e Manuel Damásio espera ter forças para ver os resultados madrugada dentro.

“Não vou adormecer sem saber, só se for lá para as 07:00 da manhã é que a minha idade já não me permite”, disse.

As eleições do Benfica decorrem das 08:00 às 22:00, no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz, em Lisboa, e em 24 casas do clube de norte a sul do país, sendo que os sócios residentes nos Açores, na Madeira ou no estrangeiro irão votar via ‘online’, e têm como candidatos o ex-futebolista Rui Costa e o empresário Francisco Benitez.

RPM // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS