“Benfica é favorito, mas queremos ir à final” – treinador do Famalicão

O treinador do Famalicão reconheceu hoje favoritismo do Benfica para o duelo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol, mas garantiu que a sua equipa “tem responsabilidade” de lutar por uma presença na final.

“Benfica é favorito, mas queremos ir à final” – treinador do Famalicão

O treinador do Famalicão reconheceu hoje favoritismo do Benfica para o duelo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol, mas garantiu que a sua equipa “tem responsabilidade” de lutar por uma presença na final.

“O favoritismo é do Benfica, mas nós também temos pressão e responsabilidade porque queremos disputar a meia-final e ir à final. É um desejo do clube, dos jogadores de toda a cidade”, disse João Pedro Sousa.

O treinador considera, por isso, que este é “um jogo especial” e assegurou uma equipa “preparada e com uma pressão normal” para fazer melhor do que no embate do campeonato, esta época, em que o conjunto famalicense foi derrotado por 4-0 no Estádio da Luz.

“Analisámos essa partida com muito cuidado. Percebemos onde temos de melhor, e onde o Benfica nos magoou. Corrigimos vários aspetos, até porque também fomos evoluindo. Estamos mais preparados para este jogo”, garantiu João Pedro Sousa.

O treinador do Famalicão reconheceu, ainda assim, as dificuldades para um adversário “que tem sido praticamente imbatível nas provas nacionais, com um número muito reduzido de derrotas e empates”, esperando um conjunto encarnado a “tentar resolver o jogo cedo, agressivo com e sem bola, e a pressionar alto”.

“Temos de controlar esses movimentos do Benfica com bola, e tentar depois construir com a nossa forma de jogar. Mesmo defrontando a melhor equipa portuguesa da atualidade, tal com diz classificação na Liga, temos de manter a nossa identidade”, acrescentou João Pedro Sousa.

Questionado se espera um Benfica com poupanças, dado que no sábado disputa o clássico com o FC Porto, para o campeonato, João Pedro Sousa disse contar com um adversário “na máxima força”.

“Não vejo motivos para o treinador do Benfica mudar. Há espaço e tempo para gerir entre estes jogos. Nós também não vamos fazer mudanças. Com ou sem vitória nesta partida queremos trazer a decisão da eliminatória para Famalicão”, garantiu o treinador do Famalicão.

A formação minhota apenas não pode contar para este jogo com o defesa argentino Nehuen Perez, que está ao serviço da seleção sub-23 do seu país.

O Famalicão defronta na terça-feira o Benfica, no Estádio da Luz, em partida da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol, agendada para as 19:15.

A partida da segunda mão, em Famalicão está agendada para 11 de fevereiro.

JPYG // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS