Bayern mantém liderança da Bundesliga com triunfo ‘magro’ e novo recorde

O Bayern Munique manteve hoje a liderança da Liga alemã de futebol com um magro triunfo na receção ao Arminia Bielefeld, por 1-0, mas que mesmo assim foi suficiente para alcançar novo recorde na prova, na 13.ª jornada.

Bayern mantém liderança da Bundesliga com triunfo 'magro' e novo recorde

Bayern mantém liderança da Bundesliga com triunfo ‘magro’ e novo recorde

O Bayern Munique manteve hoje a liderança da Liga alemã de futebol com um magro triunfo na receção ao Arminia Bielefeld, por 1-0, mas que mesmo assim foi suficiente para alcançar novo recorde na prova, na 13.ª jornada.

Com o remate certeiro de Leroy Sane, aos 71 minutos, a formação bávara chegou aos 102 golos na Bundesliga em 2021 e tornou-se na equipa mais concretizadora de sempre na prova num ano civil, batendo o recorde de 101 do Colónia, alcançado em 1977.

O golo do internacional germânico foi também suficiente para o Bayern manter o comando da competição e a vantagem de um ponto sobre o Borussia Dortmund, segundo classificado, num encontro em que o guarda-redes Stefan Ortega, do Arminia Bielefeld, foi a grande figura.

Num jogo com total domínio da equipa da casa, o guardião alemão somou duas mãos cheias de boas intervenções e foi adiando o golo dos bávaros, acabando só por ser batido por Sané.

Com este triunfo sobre o penúltimo classificado da Bundesliga, o Bayern, que vai ter um papel determinante no futuro do Benfica na última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, impediu o Borussia Dortmund de ser o novo líder da prova, apesar da formação de Marco Rose ter ocupado este posto durante umas horas.

A equipa de Dortmund venceu no campo do Wolfsburgo por 3-1, no regresso de Erling Haaland aos relvados, aos golos e também aos recordes.

Aos 21 anos, Haaland, que não atuava desde 19 de outubro, devido a lesão, tornou-se no jogador mais jovem a chegar aos 50 golos na Bundesliga e também o que precisou menos jogos, com 50.

O internacional norueguês foi lançado na partida durante a segunda parte e fechou a contagem para a equipa forasteira, aos 81 minutos.

Depois do desaire com o Sporting (3-1) em Alvalade, para a Liga dos Campeões, o Borussia Dortmund regressou aos triunfos, mas voltou a não contar com o português Raphael Guerreiro, que continua com problemas físicos.

O Wolfsburgo, que ao contrário do Dortmund ainda está na luta pelos oitavos de final da ‘Champions’, até chegou primeiro à vantagem, pelo holandês Weghorst, logo aos dois minutos, mas ainda na primeira parte, aos 35, Emre Can refez a igualdade, na marcação de uma grande penalidade.

Na segunda parte, o avançado holandês Malen consumou a reviravolta para o Dortmund, aos 55 minutos, antes de dar lugar a Haaland, aos 73.

O Wolfsburgo caiu para o sétimo posto, com 20 pontos, e foi alcançado pelo Hoffenheim, que venceu por 6-3, com um ‘hat-trick’ do togolês Bebou, no terreno do Greuther Furth, cada vez mais último. O lanterna-vermelha da ‘Bundesliga’ soma apenas um ponto em 13 rondas.

Quem perdeu o ‘comboio’ da frente foi o Friburgo, terceiro posicionado, depois de perder no campo do Bochum, por 2-1.

Com este resultado, o Friburgo ficou a nove pontos do líder Bayern Munique e pode ser ultrapassado por Bayer Leverkusen e Union Berlim com o decorrer da jornada.

Destaque ainda para a goleada caseira do Colónia (4-1) sobre o Borussia Moenchengladbach, num duelo entre equipas que esta temporada aparecem no meio de tabela.

LG // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS