Artur Jorge quer Sporting de Braga intenso para ‘descolar’ do St. Gilloise

O treinador Artur Jorge considerou que a chave para bater o Union St. Gilloise, quinta-feira, na terceira jornada do grupo D da Liga Europa de futebol, está acima de tudo na competência do Sporting de Braga.

Artur Jorge quer Sporting de Braga intenso para 'descolar' do St. Gilloise

Artur Jorge quer Sporting de Braga intenso para ‘descolar’ do St. Gilloise

O treinador Artur Jorge considerou que a chave para bater o Union St. Gilloise, quinta-feira, na terceira jornada do grupo D da Liga Europa de futebol, está acima de tudo na competência do Sporting de Braga.

“A chave terá muitos fatores, mas acima de tudo está na competência que a equipa vai ter, [também] na intensidade e no querer. A abordagem que vamos ter será determinante para o resultado final, porque vamos ter uma equipa muito difícil que, tal como nós, está no primeiro lugar [do grupo], com duas vitórias”, disse o técnico na conferência de imprensa de antevisão da partida diante do quarto classificado da liga belga.

Artur Jorge frisou a ambição de terminar o grupo em primeiro lugar, considerando que “poder descolar deste adversário seria muito importante”, tendo ainda retirado peso à derrota averbada pelos bracarenses no Estádio do Dragão, diante do FC Porto (4-1), na passada sexta-feira, a primeira desta época.

“Felizmente estou numa posição em que prefiro, porque tenho oito vitórias e uma derrota [e um empate], prefiro isso ao inverso. O trabalho feito com a equipa não mudou rigorosamente nada, tenho jogadores com muito caráter e disse logo após o jogo no Dragão que eles já estavam a reagir ao que foi um percalço”, disse.

Artur Jorge disse esperar que a maior experiência europeia possa ser uma vantagem para o Sporting de Braga, mas referiu que isso, por si só, não chega.

“O St. Gilloise vem das pré-eliminatórias da Liga dos Campeões, são quartos na sua liga, estudei a equipa e conheço-a o suficiente para saber que vai exigir muito de nós. É uma equipa defensivamente muito coesa, com dinâmicas muito interessantes. A preparação não foi assente na experiência ou maturidade das duas equipas nestas competições, mas no momento de ambas”, disse.

O técnico ‘arsenalista’ desvalorizou também os quatro golos sofridos frente ao FC Porto, quase tantos quantos os que a equipa tinha registado até aí (cinco), e o momento menos profícuo do avançado Banza, que não marca há cinco jogos seguidos.

“Não se passa rigorosamente nada. No princípio da época, o problema era o Ricardo Horta, agora o Banza, mas não há problema nenhum. Todos trabalharam muitíssimo bem esta semana, com grande ambição, todos com o objetivo de, coletivamente, vencer o jogo”, disse.

Artur Jorge disse que a equipa belga “não é surpresa nenhuma” para ele: “Sei do que são capazes, conseguiram o acesso às pré-eliminatórias da Liga dos Campeões após uma grande temporada no ano passado, este ano mantém esse registo com uma época de bom nível até ao momento, é uma equipa empolgada pelo que tem feito nos últimos anos no campeonato belga, é uma equipa muito competente e vai exigir muito de nós para podermos vencer”.

Matheus e Fabiano não podem jogar no domingo, na receção ao Desportivo de Chaves, para o campeonato, por estarem castigados, e Artur Jorge revelou que serão titulares diante dos belgas.

Sporting de Braga, primeiro classificado do grupo D, com seis pontos, e Union St. Gilloise, segundo, também com seis, defrontam-se a partir das 20:00 de quinta-feira, no Estádio Municipal de Braga, num jogo que será arbitrado pela francesa Stéphanie Frappart.

 

GYS // MO

Lusa/Fim.

 

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS