Artur Jorge diz que “projeto não pode ser posto em causa por um jogo”

O treinador do Sporting de Braga, Artur Jorge, defendeu hoje que a equipa de futebol não está em crise e que o projeto não pode ser posto em causa por causa de “um jogo isolado”.

Artur Jorge diz que

Artur Jorge diz que “projeto não pode ser posto em causa por um jogo”

O treinador do Sporting de Braga, Artur Jorge, defendeu hoje que a equipa de futebol não está em crise e que o projeto não pode ser posto em causa por causa de “um jogo isolado”.

Na conferência de imprensa de antevisão da receção ao Moreirense, quinta-feira, para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, o técnico desvalorizou o momento dos bracarenses, que somam apenas quatro vitórias nos últimos 10 jogos, em todas as competições, e vêm de uma derrota com o Casa Pia, na última jornada (1-0), a segunda consecutiva em casa, depois do desaire com o Desportivo de Chaves (1-0).

“Tenho dificuldade em fazer uma análise ao momento da equipa com base apenas e só nos jogos. Podemos pegar nestes últimos 10 jogos, mas a mim pode interessar-me os primeiros 10, em que vencemos oito e empatámos um, tudo é muito relativo”, disse.

O técnico disse não ver “nenhuma crise” no Sporting de Braga.

“Perdemos em casa, é verdade, e isso deixa-nos bastante insatisfeitos, mas fomos ganhar ao Estoril e em Barcelos [ao Gil Vicente]. Somos terceiros classificados do campeonato, temos 25 pontos, uma das melhores pontuações da história do Sporting de Braga [até á data], somos a equipa [do Braga] que, nos últimos 13 anos, melhor registo conseguiu muito em termos de resultados. Não considero que haja algum abaixamento ou quebra de rendimento, para além da quebra na eficácia. O projeto não pode nunca ser posto em causa por um jogo isolado, a avaliação deverá ser feita com mais justiça por estes cinco ou seis meses de trabalho que temos à frente da equipa”, disse.

Artur Jorge veio preparado com alguns dados, tendo destacado que a sua equipa tem o segundo melhor ataque da I Liga, a que tem mais cruzamentos e remates enquadrado e, em 12 jornadas, regista sete jogos sem sofrer golos — “melhor que nós, só o Benfica”.

Em relação ao jogo da Taça de Portugal, deixou elogios ao Moreirense, líder destacado da II Liga, e pediu “seriedade” na abordagem ao jogo.

“Reconhecemos que o Moreirense é uma das equipas que melhor campeonato está a fazer na II Liga, tem uma vantagem considerável e é uma equipa que podia estar a competir na I Liga e tem como objetivo a subida de escalão. Olhamos para este jogo apenas com vontade de vencer e prevemos que seja bastante difícil também”, disse.

Artur Jorge considerou que o Sporting de Braga “está pressionado a vencer a todo o momento – somos pressionados todos os dias para podermos corresponder à exigência que temos, a nossa e a do Sporting de Braga” – e frisou que a Taça de Portugal “diz muito” ao clube.

“Já fomos vencedores noutros anos, mas ainda estamos numa fase muito prematura da competição”, para estabelecer outros objetivos, referiu.

Sequeira, lesionado, deve falhar o jogo de quinta-feira.

Sporting de Braga e Moreirense defrontam-se a partir das 19:45 de quinta-feira, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por Artur Soares Dias, da associação do Porto.

 

GYS // PFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS